Chefe da Renault não descarta lançamento de um Dacia elétrico

Dacia / Elétricos

Chefe da Renault não descarta lançamento de um Dacia elétrico

Basta apenas que haja demanda do mercado

dacia_sandero_stepway_5
CEO da aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn disse em entrevista à revista britânica AutoExpress não descartar a possibilidade de existir um Dacia elétrico no futuro, mas somente se o mercado de veículos elétricos continuar crescendo. É justo. Apesar de ser uma marca de baixo custo, a Dacia está sob o comando de duas empresas que apostam alto em veículos elétricos. "Quando houver demanda, estaremos prontos para isso", disse Ghosn, que prevê que o mercado de elétricos irá expandir significativamente, reduzindo assim os preços de baterias e tornando possível um Dacia elétrico. "À medida que as cidades receberem estações de carregamento, mais pessoas terão interesse e, claro, o custo dos carros vai cair também”, completou o executivo. O chefe da Renault vê nos novos e-Up!, e-Golf e no BMW i3 como uma coisa boa para o mercado de carros elétricos, capazes de contribuir para o desenvolvimento da infra-estrutura e  no aumento do interesse pelo segmento. Ghosn espera que até 2020 elétricos representem10% do mercado de veículos novos na Europa.