Nostalgia: Audi revela o Sport Quattro Concept

Audi / Conceitos / Lançamentos

Nostalgia: Audi revela o Sport Quattro Concept

Conceito lembra o que foi apresentado em 2010, com chances de ir às ruas

audi_sport_quattro_concept_1
1984, 2010 e 2013. Cada um destes anos tem um destaque para a Audi. Em 1984 a montadora de Ingolstadt lançou o Quattro, que até hoje permanece como um de seus carros mais emblemáticos. Em 2010 apresentou ao mundo o conceito daquele que seria o “novo Quattro”, movido por um cinco cilindros em linha com turbo e 408 cv de potência. E, agora, apresenta o Sport Quattro, que, ao que tudo indica, será a definitiva reencarnação do memorável esportivo da marca das quatro argolas, a ser apresentado em Frankfurt. audi_sport_quattro_concept_3
Se em 2010 o desenho do Quattro Concept fazia tantas menções quanto possíveis (modernizadas, obviamente) ao clássico dos anos 80, o novo conceito foi aprimorado. Continuam lá a saída de ar no capô e a enorme grade hexagonal, mas agora ela ganhou a companhia de duas grandes entradas de ar (que terminam em saídas nas laterais dos paralamas dianteiros) e faróis de LEDs. A traseira ficou mais “empinada” (dando até um leve ar de hatch ao cupê), mas continua com as lanternas horizontais e a saída dupla de escape, aliada a um extrator de ar. De modo geral, as linhas externas ficaram menos recortadas e mais suavizadas, algo que talvez não agrade a todos, uma vez que o primeiro Quattro Concept visualmente tinha um pouco mais de arrojo.
audi_sport_quattro_concept_4
Por dentro, tal qual o conceito antecessor, o foco continua sendo todo no motorista, e o ambiente também segue a mesma linha high-tech. Se vêem poucos botões e maçanetas, com destaque para o visor à frente do volante, que faz as vezes de conta-giros e outras várias funções, controláveis através do volante do carro. Um indicativo de produção do carro é que a Audi divulgou todas as medidas do carro, que tem 4,60m de comprimento e 1,96m de largura, com 1,36m de altura. O entre-eixos fica em bons 2,78m, com 300 litros de porta-malas, valor bastante razoável para um esportivo.
audi_sport_quattro_concept_5
Mas a maior evolução frente ao Quattro de 2010 fica debaixo do capô. Sai o cinco-em-linha turbinado e entra um V8 4.0 com dois turbos, que rende 560 cv e 71,3 kgfm, jogados aos pneus (285/30 R21, com discos de freio de cerâmica) com a eficiência da tração integral. Mas, seguindo as novas tendências de tecnologia “verde”, o Sport Quattro traz algo que o antecessor não possuía. “Prensado” entre o V8 e a transmissão tiptronic de oito velocidades fica um propulsor elétrico de 150 cv e 40,7 kgfm. O resultado combinado são 700 cv e 81,5 kgfm, suficiente para impulsionar os 1.850 kg do modelo aos 100 km/h em 3,7 segundos e chegar até os 305 km/h de máxima.
audi_sport_quattro_concept_2
A economia fica por conta de ele poder rodar até 50 km apenas usando eletricidade, aliado a um consumo de 40 km/l com emissões de apenas 59 gramas de CO2 por quilômetro rodado. Esses dados são alcançados graças não somente à propulsão híbrida, como também às tecnologias start-stop e Cilynder on Demand (COD).