Novos rumos: Caterham inova com o AeroSeven Concept

Caterham / Conceitos

Novos rumos: Caterham inova com o AeroSeven Concept

Modelo foi criado em conjunto pelas três divisões da marca

0002-caterham-aeroseven-059-1379671890
Carros esportivos ingleses – os clássicos, é bom frisar – são, por via de regra, leves, simples, aerodinâmicos, com excelente dirigibilidade, bom desempenho e, (quando possível) preço acessível. Pois bem, deve ter sido seguindo essa linha clássica de pensamento que a Caterham apresentou o AeroSeven Concept, modelo que tem tudo para entrar em produção.
0001-caterham-aero-seven-004-1379671887
Apresentado no GP de Cingapura de Fórmula 1 desse ano, o AeroSeven, ao contrário do que o nome pode indicar, não é outro Seven, mas também não deixa de ter os princípios básicos do carro-chefe da marca. O conceito foi o primeiro carro da marca que foi desenvolvido em conjunto pelas três divisões da Caterham: a Caterham Technology and Innovation, Caterham F1 Team y Caterham Cars, e marca uma revolução em vários aspectos na montadora.
0009-caterham-aero-seven-005
A herança do Seven permanece em vários aspectos. O lançamento usa os chassis, suspensão traseira independente e suspensão dianteira do tipo push-rod iguais aos do Seven CSR. No entanto, partes como amortecedores e barras estabilizadoras são específicos do AeroSeven.
0003-caterham-aeroseven-062-1379671893
A carroceria, maior diferencial frente aos modelos atuais da Caterham, tem linhas muito mais aerodinâmicas (ainda que dados técnicos não tenham sido revelados), e linhas que remetem a esportivos de proposta similar, como Ariel Atom, Elfin MS8 Clubman ou KTM X-Bow. Para manter o peso em enxutos 600 kg, foi usada fibra de carbono a granel, tudo isso montado em cima de pneus Avon CR500 de 15 polegadas.
0008-caterham-aero-seven-008
Para impulsionar todo o conjunto, um motor Ford Duratec 2.0, que desenvolve 240 cv e 21 kgfm com um câmbio manual de seis marchas. Para a versão de produção, estima-se que venha um novo motor.