Peugeot 408 2014 chega às lojas com novas transmissão automática e suspensão

Lançamentos / Peugeot

Peugeot 408 2014 chega às lojas com novas transmissão automática e suspensão

Câmbio automático de seis marchas chega ao motor 2.0; parte de

_PBX7687_BAIXA
Numa atitude democrática, a Peugeot passa a oferecer sua transmissão automática de seis marchas também para as versões equipadas com o motor 2.0 de 151 cavalos do 408. O equipamento, que estava disponível apenas para o motor 1.6 THP de 165 cavalos, é uma das principais novidades da linha 2014 do 408, que também sofreu ajustes na suspensão. _PBX7700_BAIXA
A controversa transmissão automática de quatro marchas da PSA deixa de ser oferecida para o 408 – mas permanece no 208 –, dando lugar a caixa chamada AT6, fornecida pela japonesa AISIN. Esta possui um moderno sistema de trava eletrônica que impede o engate de uma marcha incompatível com a rotação do motor, impossibilitando a troca para “P” (parking) e “R” (marcha a ré) quando o veículo ultrapassa a velocidade de 6 km/h, e ainda faz a leitura do relevo pela qual o veículo está trafegando para corrigir o funcionamento da transmissão, permitindo “segurar” as marchas em descida, acionando o freio motor, e nas subidas trabalha na melhor faixa possível de torque. Para otimizar o funcionamento da caixa AT6 com o motor 2.0L foram desenvolvidas novas linhas de admissão de ar e de escape, além de uma calibração específica para o motor, privilegiando o conforto na utilização da função “Drive” e, ainda, proporcionando uma condução mais dinâmica e esportiva no modo “Sport”.  O motor gera potência máxima de 151 cavalos a 6 mil rpm quando abastecido a etanol (143 cavalos a gasolina) e o torque máximo de 22 mkgf a 4 mil rpm, também abastecido com o combustível vegetal (20 mkgf a 4 mil rpm no caso da gasolina). _PBX6796_BAIXA
Na prática, a nova transmissão tornou o Peugeot 408 mais ágil e econômico. Nas acelerações de 0 a 100 km/h, houve uma melhora de 1,4 s comparado ao câmbio de quatro velocidades, pois a caixa AT6 tem relações mais curtas em 1ª e 2ª marchas. O mesmo ocorreu quanto às retomadas, principalmente de 80 km/h a 120 km/h, no qual o tempo foi reduzido em 0,5s. O consumo está cerca de 5% menor se comparado com sua versão anterior, equipada com a transmissão automática de quatro velocidades. Nova suspensão Toda a linha do Peugeot 408 2014 recebeu  modificações no conjunto de suspensão. No eixo traseiro foram trocadas as buchas de articulação, que agora estão mais macias, e foi colocado um calço de elastômero no apoio da mola com a carroceria. No eixo dianteiro, foi aplicado um novo apoio superior da mola, que também contribui para a melhor filtragem das irregularidades do piso. Os pneus passam a ser os Pirelli P7, de baixa resistência ao rolamento, que favorece tanto a redução de consumo de combustível quanto uma condução mais suave Preços Os preços do Peugeot 408 2014começam em R$ 59.990 na versão manual de cinco marchas, passam por R$ 65.990 no caso do 2.0 flex automático e chegam nos R$ 73.990 no 1.6 THP, disponível apenas com caixa automática de seis marchas.