BMW revela M3 e M4, estreia ocorre em Detroit

BMW / Lançamentos / Salão de Detroit

BMW revela M3 e M4, estreia ocorre em Detroit

O motor 3.0 seis cilindros será o mesmo para ambos

New-BMW-M3-Sedan-6[2]

Assim que a nova geração de um BMW é anunciada os fãs da divisão BMW Motorsport contam os dias no aguardo das versões esportivas caracterizadas pelo M em sua nomenclatura. Aqui estão os novos M3, que substitui o carro de mesmo nome (mas contará apenas com versão de quatro portas), e M4, que chega no lugar do M3 Coupé.

New-BMW-M4-Coupe-10[2]

A esportividade da sigla M é observada pela carroceria dos carros, que possuem novos para-choques, com amplas entradas de ar no frontal e difusores e quatro saídas de escape no traseiro. Para fechar o conjunto externo, temos saias laterais, difusores laterais, capô com vincos pronunciados e as belas rodas, de 18 polegadas de série ou de 19, opcionais.

New-BMW-M3-Sedan-15[2]

No interior a forração dos bancos e parte dos painéis é feita em couro. O logo M está no volante e na manopla de câmbio. Destaque ainda para os detalhes em fibra de carbono. A BMW criou um aplicativo chamado M Laptimer, para que o motorista/piloto acompanhe seu estilo de condução através de seu smartphone.

New-BMW-M4-Coupe-8[2]

Sob o capô os dois carros terão o mesmo motor, um seis cilindros em linha biturbo de três litros, que gera 431 cv entre 5500 e 7300 rotações e 40,79 kgfm entre 1850 e 5550 giros. O aumento de potência em geração à geração anterior é de apenas 11 cv, entretanto o torque aumenta em 40%, o que melhor o consumo e emissões em aproximadamente 25%.

New-BMW-M4-Coupe-7[2]

A transmissão é manual de seis marchas, com sistema blipping acelerador, que promete suavizar as trocas de marchas. A caixa automática é opcional, com sete velocidades, dupla embreagem e troca na alavanca ou nas hastes atrás do volante. Independentemente da transmissão, os carros contam com sistema start/stop, indicador do momento da troca de marcha e sistema de frenagem regenerativa.

New-BMW-M4-Coupe-21[2]

A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 4,1 segundos com caixa automática e em 4,3 s com a manual, nos dois carros. A velocidade máxima é limitada em 250 km/h de série, mas opcionalmente o limite passa para 280 km/h. Apesar da melhoria do motor, houve redução de peso de aproximadamente 80 kg nos carros, vindos principalmente da troca de alguns materiais. O consumo médio é de 11,36 km/l com transmissão manual e de 12,05 km/l com o cambio de dupla embreagem.

New-BMW-M3-Sedan-19[2]

Uma função interessante é o Smokey Burnout, oferecido nas unidades com transmissão automática. Seu nome já diz muito sobre o que ele faz. O sistema permite que, em velocidades baixas, a rotação das rodas traseiras aumente sem provocar o mesmo deslocamento no carro, ou seja, com o sistema ativado você pode queimar pneu. New-BMW-M4-Coupe-14[2] A plataforma que equipa as versões “normais” de Série 3 e Série 4 foi levemente rebaixada e está 34 mm mais larga na dianteira e 18 mm mais larga na traseira. Os pneus traseiros terão largura de 272 mm e os dianteiros de 255 mm. O M4 será produzido em Munique, já o M3 em Regensburg, na fábrica de ontem saíram 222.293 unidades do M3 de segunda, terceira e quarta gerações. O público poderá ver os carros no NAIAS, o Salão de Detroit, em janeiro de 2014. As vendas na Europa serão iniciadas no segundo semestre de 2014.