Grazie Mille marca a despedida do hatch, em produção desde 1984

Brasil / Fiat / Fim de Carreira / Série Especial

Grazie Mille marca a despedida do hatch, em produção desde 1984

São quase 30 anos de história reduzidos a uma versão especial

grazie_mille_ambi_016[3]
Não seria imprudente considerar que uma determinada parcela dos que estão lendo esse parágrafo nesse exato momento possuem menos de 30 anos. Isso significa, em linhas gerais, que todas elas nasceram após o lançamento do Uno. Desde então, a chamada bota ortopédica fez parte do cotidiano de qualquer brasileiro. Foram mais de 3,5 milhões de unidades vendidas, que serão representadas pelas 2000 unidades da série especial Grazie Mille. grazie_mille_ambi_012[4]
O nome da versão é um trocadilho (muito bem sacado, diga-se de passagem) da própria Fiat. A expressão italiana significa “Muito obrigado”, simbolizando a gratidão da marca pelo modelo. Por fora, a novidade está na cor Verde Saquarema, exclusiva da série. O modelo também poderá ser encontrado na cor Prata Bari. Rodas de liga leve de 13 polegadas também são exclusivas da versão.
grazie_mille_035[4]
No interior, bancos exclusivos, pedaleiras esportivas, rádio (um modelo mais completo seria bem-vindo) e um novo quadro de instrumentos (que lembra o do Palio G4) trazem o tom de exclusividade da versão, que custará R$ 31.200. No exterior, além da cor exclusiva, adesivos identificam a versão. No interior, há um adesivo com a numeração da versão (de 1 a 2000) no centro do painel, onde nos primeiros Mille havia um cinzeiro. Foi o Uno que impulsionou a marca no país, junto da sua família (Elba, Prêmio e Fiorino) a partir da década de 1980. Em 1990, a Fiat lança o Mille, sua versão espartana e com motor 1.0. O Uno sobrevive ao Palio, lançado em 1996, e passa a se chamar apenas de Mille. Sua última grande intervenção no design foi em 2004.
grazie_mille_038[4]
O Mille segue sem substituto oficial. A Fiat prepara seu subcompacto, mas ele deve vir a longo prazo, ao contrário do que se acreditava há alguns anos, quando se calculava que ele seria çançado junto do Volkswagen Up!. Por ora, sabe-se que uma versão mais simples do Palio Fire deverá fazer as honras.