Surpresa? Motores turbo com injeção direta poluem mais

Motores

Surpresa? Motores turbo com injeção direta poluem mais

Compressão aumenta em mil vezes emissões de partículas cancerígenas

injecao-direta-gdi-da-delphi-1381333895558_615x470
Cada vez mais comum na indústria automobilística na intenção de diminuir consumo, emissões de CO2 (dioxido de carbono) e também o tamanho dos motores, a combinação de turbo e injeção direta pode não ser tão benéfica. Segundo estudo da TÜV Nord, motores turbo com injção direta emitem mil vezes mais particulas cancerígenas do que motores diesel. O estudo aponta que, pelo fato destes motores trabalharem com uma pressão maior nos cilindros, mais partículas são geradas e são dispersas no ar. Motores à gasolina estão livres de da obrigadoriedade de filtros de partículas na Europa, ao contrário dos Diesel mais recentes. Tal filtro custa cerca de 50 euros (em torno de R$ 157) e não afetaria em nada o desempenho dos automóveis. Os resultados deste estudo podem levar a uma investigação formal por parte da União Europeia, já que a poluição do ar é responsável por 406 mil mortes por ano na região. A aplicação deste filtro poderá ser obrigatória para se enquadrarem nas regras do Euro VI. Fonte | Car And Driver