F1: Possível domínio prateado?

F1

F1: Possível domínio prateado?

McLaren fecha segundo dia na ponta, Massa estreia bem, em segundo

mcla-magn-jere-2014
Os testes coletivos continuam no seu terceiro dia em Jerez, dessa vez com pista mais cheia e os pilotos imprimindo um ritmo bem mais próximo do de uma corrida comum. Por incrível que pareça, ainda houve time apresentando carro novo (nesse caso a Marussia), e troca de cockpit, com a McLaren alternando seus dois pilotos no decorrer do dia. O Brasil também colocou as rodas na pista, com as primeiras voltas de Felipe Massa na Williams, que fechou num bom segundo lugar. IMG_49911
Graças à presença de Fernando Alonso, piloto “da casa”, as arquibancadas do circuito andaluz estiveram bem mais movimentadas que nos outros dias. O espanhol, no entanto, não teve tanta sorte assim guiando a Ferrari F14T, já que o carro parou do nada na parte de trás do circuito, provocando a primeira bandeira vermelha do dia. Ainda assim, no decorrer do dia, ele chegou a ficar em segundo na tabela, apesar de ter fechado as sessões em quinto.
IMG_4239
Se nos vermelhos a situação não ficou boa, na prateada McLaren, tudo parece estar melhor que o esperado. Pelo segundo dia consecutivo o time inglês manteve a ponta na tabela, tanto com Jenson Button (que elogiou bastante o carro), como com o novato dinamarquês Kevin Magnussen, que também não escondeu a animação em estrear nos testes (e logo na pole!). Talvez com o novo piloto a McLaren esteja tentando trazer um “novo Hamilton” para o circo.
mcla-magn-jere-2014-3
Falando em Hamilton, o outro time prateado que ele guia – a Mercedes – seguiu apresentando desempenho consistente em Jerez, se consolidando em terceiro ao final das sessões de treino.
merc-hami-jere-2014-3
Estreia brasileira e inferno francês Felipe Massa teve o gostinho de guiar o Williams FW36 pela primeira vez. No comando do bólido azul, o piloto considerou o primeiro dia “emocionante”, e disse que era tudo muito novo para ele. “O carro parece diferente em muitos aspectos. É preciso entender o motor, o chassi, os pneus e o turbo, mas acho que será muito divertido", declarou o piloto. Apesar de o brasileiro estar ciente de que o carro ainda precisa melhorar em vários aspectos, o ritmo impresso por ele foi muito bom, fechando o dia em segundo lugar.
will-bott-jere-2014-32
Se para Massa foi um dia de alegria, para a Renault foi um verdadeiro inferno. A montadora francesa, que fornece motores para Red Bull, Toro Rosso, Caterham e Lotus (que está ausente nos treinos) completou menos de 60 voltas, somadas todas as equipes que testaram. A nível de comparação, as equipes de motor Ferrari e Mercedes somaram entre 200 e 300 giros na pista! E a Red Bull, que levou Daniel Ricciardo para a pista, só completou 3 voltas hoje.
464823153XX00057_F1_Testing
Remi Taffin, chefe de motores da montadora francesa, afirmou que o problema é no sistema de armazenamento de energia dos propulsores. "Nós sabemos o problema que temos, já identificamos e temos agora de corrigi-los", afirmou o técnico, que prometeu que todos os problemas dos propulsores franceses serão sanados até o começo das sessões de treino na sexta-feira.
IMG_4235
Amanhã a F1 encerra as sessões de treinos com o último dia de testes coletivos em Jerez de La Frontera, e Massa guiará o FW36 novamente.