Geely inicia suas operações no Brasil, mas vendas só terão início em março

Geely / Lançamentos

Geely inicia suas operações no Brasil, mas vendas só terão início em março

Fabricante chinesa espera vender 3 mil carros em 2014

geely_13
Com certo atraso, a Geely Motors iniciou hoje oficialmente suas operações no Brasil ao inaugurar hoje (21) seu centro administrativo e operacional em Itu (SP). A fabricante chinesa, hoje dona da Volvo Cars, será representada no País pelo Grupo Gandini – mesmo importador da Kia – e por 15 concessionárias localizadas em Belo Horizonte, Brasília, Goiânia, Florianópolis, Londrina, Maringá, Natal, Porto Alegre, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, São José do Rio Preto e São Paulo. As vendas terão início em março com o início das vendas do sedã médio EC7. geely_1
O Grupo Gandini e a Geely International Corporation assinaram o contrato de representação, importação e distribuição da linha de automóveis da Geely Auto em julho de 2011, com o objetivo de iniciar suas operações em janeiro de 2012. Mas, ainda em setembro de 2011, a Governo brasileiro impôs alíquota de IPI diferenciada para os carros importados. Os planos foram adiados até que a Geely implantasse uma linha de produção em Montevidéu, no Uruguai, país com o qual o Brasil tem um acordo bilateral no setor automotivo. É desta unidade, com capacidade para montar 20 mil carros por ano, que virão os EC7 e GC2 que serão vendidos no Brasil.geely_painelgeely_detalhe_4
O EC7 chega às lojas em menos de dois meses. O sedã médio foi o carro que obteve a maior nota geral nos testes de segurança do Euro NCAP realizados no ano passando. Com 4.63 m de comprimento, 1.78 m de largura, 1.47 m de altura e entre-eixos de 2.65 m o sedã terá porte médio e preço de sedã premium: cerca de R$ 50 mil. O motor é um 1.8 litro, 16 válvulas à gasolina produzido pela própria Geely, que entrega 130 cavalos de potência e torque máximo de 16,9 kgm a 4.400 rpm. O câmbio é manual de 5 velocidades. O conjunto faz o EC7 alcançar 100 km/h em 12 segundos e a velocidade máxima é de 185 km/h.
geely_motor
Entre os equipamentos do EC7 figuram rodas de liga de alumínio de 16 polegadas – inclusive o estepe –, freios são a disco nas quatro rodas com ABS (Anti-lock Braking System) e EBD (Electronic Brake Distribution, ar condicionado com controle eletrônico, direção hidráulica, coluna de direção com regulagem de altura, computador de bordo (funções de autonomia, velocidade média e hodômetro parcial), destravamento do porta-malas, travas elétricas nas quatro portas, entre outros itens.
geely_5 O sedã da Geely estará disponível nas cores preto e branco sólidos e metálicos prata, cinza e azul e terá garantia de 3 anos ou 100.000 km. O compacto GC2 desembarca em abril com preços por volta dos R$ 30 mil. A Geely espera ter 25 concessionárias até o final do ano, e estima vender entre 3 e 3,5 mil unidades dos modelos EC7 e GC2 no mesmo período.
geely_15