F1 2014 – Testes finais, dia 1

F1

F1 2014 – Testes finais, dia 1

Force India na ponta ainda pela manhã, Williams ultra-confiável e motores Mercedes dominando
 
Formula One Testing

Os motores voltaram a roncar novamente no Bahrein. Como já estava previsto, reiniciaram-se os testes de pré-temporada para o certame 2014 da F1. Mas dessa vez é a “reta final”. Em linhas curtas: quem vai bem, vai bem. Quem não vai bem, que se vire pra dar um jeito, porque depois do dia 2 de março, só na Austrália, dia 16 (sim, isso foi uma indireta um tanto direta para as equipes de motor Renault!).
Formula One Testing
Se nos dias anteriores em Sakhir as equipes de motor Mercedes estavam dominando os primeiros tempos da tabela, agora não foi diferente. Ainda pela parte da manhã, Sergio Perez, com sua Force India, marcou o primeiro tempo e assim se consolidou na ponta pelo resto do dia (com a impressionante marca de 105 voltas completadas). Até com relativa folga para os outros adversários, diga-se. O que mais se aproximou dele foi o finlandês Valtteri Bottas, da Williams, que levou o FW36 à vice-liderança do segundo dia, sendo 0s8 mais lento que os 1min35s290 do mexicano.
20142271312434_475245747_10_II
O maior destaque para a Williams nem foi tanto o tempo de Bottas, e sim a extrema confiabilidade que o bólido (por ora) azul demonstrou: nada menos que 128 voltas! Com isso, ele se tornou o homem que mais deu voltas na pista barenita, dando bons indícios de que a Williams pode ter retornado, de fato e de direito, à boa forma dos velhos tempos.
20142271313825_475245813_10_II
Quem surpreendeu bem menos dessa vez foi a McLaren. Em vez de brigar pela ponta (e atingi-la) como foi normal desde Jerez de La Frontera, o time de Woking hoje fechou o dia com um modesto quinto lugar com Kevin Magnussen, que focou mais em treinar com ritmo de corrida que na busca pelo melhor tempo. Tanto é que o 1min37s825 ficaram um tanto aquém da pole de Perez. O desempenho do dinamarquês foi tão discreto que ficou atrás de Adrian Sutil, numa Sauber que não parece vir tão forte como o esperado.
TEST PRE-CAMPIONATO F1/2014 BAHRAIN 27/02-02/03/2014
Por outro lado, a Ferrari mostrou um ritmo bom, pois mesmo não tendo dado tantas voltas quanto queria, e focando mais em testes de novas peças que nas tomadas de tempo em si, o time vermelho ainda obteve um terceiro posto com Kimi Raikkonen. Pelo visto o primeiro dia foi um tanto animador para os pilotos finlandeses.

Será que ainda tem jeito?

474101321XX00006_F1_Testing
Toda vez que iniciamos um post sobre os testes coletivos da temporada 2014 aqui no Novidades Automotivas, quase temos duas certezas: Uma é que os propulsores da Mercedes vão dominar, e a outra é que os Renault vão se arrastar pela pista com um sem-fim de problemas. E adivinha? Nenhuma das duas certezas estavam equivocadas.
2014 F1 Pre Season Test 3 - Day 1
Bahrain International Circuit, Sakhir, Bahrain.
Thursday 27 February 2014.
Pastor Maldonado, Lotus E22 Renault.
World Copyright: Glenn Dunbar/LAT Photographic.
ref: Digital Image _89P5946.JPG
Mais uma vez, para variar, os carros com o motor da marca do Losango pouco ou nada fizeram na pista árabe. Daniel Ricciardo, pela parte manhã, parecia que tinha dado fim à zica francesa, dando 32 voltas com seu RB10 e marcando um sétimo tempo (!). Mas, infelizmente, foi “fogo de palha”, pois mais problemas apareceram. O mesmo aconteceu com a Lotus de Pastor Maldonado e, algum tempo depois, com a Caterham de Kamui Kobayashi. Todos eles de motor Renault (e os dois últimos causando bandeiras vermelhas nos treinos)… coincidência?
474101321XX00024_F1_Testing
O maior problema dos propulsores franceses parece ser mesmo o de superaquecimento, uma vez que foi essa falha que decretou fim aos treinos de Daniel Ricciardo. A Lotus não teve melhor sorte, e, por problemas no escapamento se ausentou mais cedo. O time com propulsor da marca do losango que mais deu giros em Sakhir foi, pasme, a Toro Rosso, que completou 56 voltas com o estreante russo Daniil Kvyat e fechou um modesto nono tempo na tabela. Surpresa foi a nanica Marussia, que com Max Chilton atingiu um sólido oitavo posto (mas vale lembrar que o motor deles é Ferrari…).
Amanhã os testes retornam, e aqui no Novidades Automotivas tem mais resumo do dia. Aguardem!Formula One Testing