Aliança Peugeot-Dongfeng pode gerar frutos para o Brasil

Peugeot / PSA

Aliança Peugeot-Dongfeng pode gerar frutos para o Brasil

Fortalecimento da marca em mercados emergentes está nos planos

china_dongfeng_peugeot_185332338_39420751
A PSA Peugeot Citroën e Dongfeng oficializam recentemente parceria estratégica nas áreas industrial e comercial. Agora, o presidente do Conselho da chinesa Dongfeng Motor Group, Xu Ping, declarou que o acordo entre as duas empresas não é limitado à região da Ásia-Pacífico, e que Brasil e Rússia, dois mercados emergentes, são possíveis mercados futuros. As duas empresas, já formavam joint-venture bem estabelecido na China, e agora poderão aprofundar seus negócios no país e no mundo – está nos planos triplicar as vendas totais para 1,5 milhão de veículos em 2020. Aliança dá à Dongfeng 14% das ações da PSA. Outros 14% foram comprados pelo governo francês. Foi uma forma de salvar o Grupo PSA, que enfrenta crise profunda no mundo todo. Cada um dos investidores injetará € 800 milhões na ampliação de capital lançada pela PSA, de € 3 bilhões. Para completar o valor, o Banco Santander, novo parceiro para financiamentos de automóveis, emprestará € 1,5 bilhão até 2018. Dentre os planos da Dongfeng está a construção de um centro de pesquisa e desenvolvimento na China focado em novas tecnologias para mercados emergentes. De lá podem sair carros que serão vendidos por aqui dentro de alguns anos.