Volkswagen não trabalha em sucessor para o Eos

Segredos / Volkswagen

Volkswagen não trabalha em sucessor para o Eos

Vendas em baixa não justificam investimento em nova geração

autowp.ru_volkswagen_eos_us-spec_29[3]
Lançado em 2006 como conversível derivado do Golf 5, o Volkswagen Eos pode não ter uma nova geração segundo a imprensa alemã. O modelo foi reestilizado tarde, em 2011, e a fabricante teria desistido de investir em uma nova geração diante das vendas em baixa do Eos atual. Em 2013 apenas 8 mil unidades saíram da fábrica da marca em Portugal. autowp.ru_volkswagen_eos_us-spec_26[3]
Com design inspirado em conceito criado em 2004 por Peter Schreyer, então chefe de design da Volkswagen, o Eos já não é tão atraente, embora seja um dos poucos conversíveis que ainda tem teto retrátil de metal. Isso interfere diretamente nos preços, que hoje partem dos 29.450 euros (R$ 94.400). Não é à toa que ele deixou de ser importado para o Brasil no final de 2010. O Volkswagen EOS chegou ao Brasil em fevereiro de 2009, junto com o Passat CC. Custava salgados R$ 159.900, o que fez com que suas vendas fossem limitadas a algumas dezenas de unidades por ano. Seu motor era um 2.0 turbo de 200 cavalos, potência suficiente para levá-lo aos 100 km/h em 7,8 segundos e atingir 228 km/h.