Carro chinês mais caro da história é vendido por R$ 1,8 milhão

FAW / Mercado / Salão de Pequim

Carro chinês mais caro da história é vendido por R$ 1,8 milhão

Sim, a China faz carros de luxo. Sim, eles são mais baratos

8820824351004829711
Criado originalmente para o governo chinês, como solução para substituir carros de luxo estrangeiros, o Hongqi L5, fabricado pela FAW, passa a estar disponível agora para civis. O primeiro comprador foi um empresário local que teria desembolsado cerca de 5 milhões de yuans, o que ao câmbio atual representa algo como R$ 1,8 milhão. Considerando que por aqui um Rolls-Royce Ghost custa a partir de R$ 2,3 milhões, há uma boa economia. 893612206557752451
Com design que remete aos Symca Chambord e Willys Itamaraty, o Hongqi L5 tem 5,55 m de comprimento, 2,01 m de largura e nada mais que 3,43 m de entre-eixos e pesa 3.175 kg. Para dar conta de tudo isso foi escalado um motor 6.0 V12 de 402 cv e 55,3 kgfm de torque operado por uma transmissão automática de seis velocidades.
11068311391426833891542552011174911078
O acabamento pode não ser revestido com o couro de uma cabra que só existe na Guatemala, ou de madeira que só existe nas Filipinas, por exemplo, mas pelo que as imagens revelam o L5 ao menos aparenta ser dotado de alguma tecnologia – há telas de LCD para tudo – e algum conforto, como diversas saídas de ar-condicionado para o banco de trás e regulagens elétricas para os bancos. E ainda tem diversos adereços cromados, como os chineses adoram. 1621355278201723676817918240871062109120