E o Volkswagen Golf 4,5 se despede

Fim de Carreira / Segredos / Volkswagen

E o Volkswagen Golf 4,5 se despede

Linha de montagem paranaense já é preparada para a nova geração

autowp.ru_volkswagen_golf_tech_(brazilian_market)_5
Segundo o colunista Fernando Calmon, o antigo Volkswagen Golf IV deixou de ser produzido em São José dos Pinhais (PR) no final do ano passado, mas os estoques duraram até esta semana quando foi retirado do site da fabricante. A ação coincide com o lançamento do Golf VII Comfortline. autowp.ru_volkswagen_golf_sportline_(brazilian_market)_5
Nas costas o peso da idade, mas também um legado. É claro que um carro que ficou 15 anos em produção teria história. Em sua primeira fase teve a versão VR6, cujo desempenho chegava a ser inferior a GTI – a diferença é que que foram vendidos apenas 99 VR6 no Brasil, os únicos com duas portas (salvos raríssimos GTI 2P) –, mas resistiu desde sua reestilização em 2007 graças a com série especiais, como por exemplo as GT, Tech, Black e Silver Editon. Ele ainda chegou a ser exportado para o Canadá por alguns anos, onde mesmo com motor 2.0 era o carro de entrada da marca.
autowp.ru_volkswagen_golf__silver_edition__(br-market)_2
Velhos concorrentes, como Fiat Stilo e Chevrolet Astra, se foram com bons descontos mas o Golf resistiu bravamente com preços que, por tabela, partiam de R$ 54.240 para o 1.6 e R$ 64.370 para o Sportline 2.0 Tiptronic que, equipado, chegava a R$ 70.148. Descontos eram mais que certos.
autowp.ru_volkswagen_golf_sportline_(brazilian_market)_4
A fábrica de São José dos Pinhais (PR), inaugurada para a justamente para produção do Golf e do irmão Audi A3, já é preparada para receber a produção do Golf VII e de modelos da Audi, Q3 e A3 Sedan. A produção do novo Golf por lá terá início em fevereiro de 2015.
volkswagen_golf_gti_vr6_br-spec_3
Fonte | Autos Segredos