Pergunta da Semana – Qual é o equipamento mais inútil já oferecido em um carro?

Pergunta da Semana

Pergunta da Semana – Qual é o equipamento mais inútil já oferecido em um carro?

As vezes as fabricantes exageram nos equipamentos…

telefone-carro-edit
Quando você para e pensa friamente, o objetivo dos nossos carros não é apenas nos levar do ponto "A" ao ponto "B", onde quer que estes estejam. Eles também tem a obrigação de garantir um nível mínimo de conforto e diversão, e prazer ao dirigir. É por isso que, depois que finalmente pegaram o jeito de construir carros simples, que andam e param sem muito drama – claro que, sem a necessidade de qualquer instrução de equitação mecânica ou de um carona com mestrado em manutenção de máquinas – as fabricantes passaram a se concentrar nos apetrechos que podem fazer nossas viagens mais agradáveis. 20130410134723551624i
Isso levou a equipamentos como rádio e ar-condicionado, e, eventualmente, porta-copos e controles diversos no volante. Alguns se tornaram primordiais, como o servofreio e cintos de segurança. Mas também inventaram coisas do arco da velha como volante refrigerado e porta-copos com iluminação multicolorida, que ainda pode se estender por todo o painel. Isso faz algum sentido? Temos aí a nossa Pergunta da Semana! Queremos saber o que você classificaria como o mais estranho ou desnecessário recurso que já foi oferecido em um carro. Meu voto, nesse Brasil varonil, vai para os assentos aquecidos! A não ser que você more nas serras do Sul e Sudeste, em um lugar que faça frio profissionalmente o ano inteiro, você fatalmente nunca usará esse simpático aquecedor de partes íntimas. E muitos pagam por isso sem saber. Vamos, comente e escolha sua inutilidade favorita!