BMW cogita retorno do M1 usando base do i8

BMW

BMW cogita retorno do M1 usando base do i8

Divisão M já planeja a volta, aguardando somente a decisão final

bmw_m1_26
Falar o nome M1 para um fã da BMW é o mesmo que mencionar o nome F40 para um fanático pela Ferrari. O cupê de motor central desenhado por Giugiaro ainda é lembrado como um modelo sem sucessor na montadora da Bavária. Tendo apenas um conceito, o M1 Hommage, lançado em 2008. Mas isso pode mudar para os próximos anos. bmw_i8_15
O chefe da divisão M, Freidrich Nitschke, disse que há, sim, possibilidade de um novo M1. Ele atentou para a viabilidade disso desde que os elétricos i3 e i8 foram apresentados, e que os trabalhos podem começar assim que a BMW der sinal verde. Mesmo que o i8 não tenha sido desenvolvido pelo braço esportivo da montadora, Nitschke disse que a tecnologia dele pode ser aproveitada. “É uma questão de capacidade, e não de know-how”, lembrou.
bmw_nazca_m12_4
Vale lembrar que o retorno do M1 já foi cogitado através daquele que seria o “sucessor espiritual” dele, o M8, que seria lançado em 2016 para comemorar o centenário da BMW usando um V8 4.4 TwinPower turbo, rendendo entre 600 e 650 cv, com uma carroceria de design retrô e 1.252 kg de peso. Anos antes dele, chegou a se cogitar também que o conceito BMW Nazca M12 fosse o sucessor do M1, o que infelizmente acabou não acontecendo.