Chevrolet desiste de lançar o Malibu no Brasil e adia planos para trazer a Cadillac

Brasil / Chevrolet / GM / Segredos

Chevrolet desiste de lançar o Malibu no Brasil e adia planos para trazer a Cadillac

IPI e dólar atrapalharam os planos da General Motors

chevrolet_malibu_4
Cotação do dólar e IPI majorado para importados fizeram a Chevrolet rever seus planos de trazer ao Brasil carros fabricados nos Estados Unidos. Entre eles estão a nova geração do Chevrolet Malibu e modelos da Cadillac, marca de luxo da General Motors que tentaria competir com a Lexus, da Toyota. Novo-GM-Malibu-2014 (4)
Se a geração anterior do Malibu, vendida no Brasil por menos de dois anos, não conseguia ter preço competitivo diante do Ford Fusion – importado do México sem ter que pagar 35% de impostos de importação –, que dirá agora sendo taxado com 35% de imposto de importação mais IPI 30 pontos percentuais maior que o de um carro nacional. O preço chegaria a R$ 150 mil, aponta o Jornal do Carro, sendo que o Fusion mais em conta custa R$ 96.900. O preço parece exagerado, pois, nas mesmas condições a Nissan traz o Altima (2.5) por R$ 108 mil, a Honda vende o Accord por R$ 119.900 (2.4) e a Toyota vende o Camry (3.5) por R$ 150.600. Todos eles são concorrentes do Malibu nos EUA, mas, de fato, só o Fusion vende bem no Brasil. Aliás, nem nos Estados Unidos o Malibu vende bem. No ano passado a Chevrolet chegou a importar um lote de 170 unidades do Malibu, e logo em seguida ele foi reestilizado nos Estados Unidos. Estes carros foram vendidos a concessionários da marca sob condições especiais e a alguns poucos clientes.

Cadillac

cadillac_cts_eu-spec_8

A Cadillac já teve seus carros vendidos por aqui logo quando a importação de automóveis foi reaberta, mas logo foi embora. A GM voltou a estudar o relançamento de sua marca de luxo por aqui de olho no aumento das vendas no segmento premium, mas teve que congelar seus planos também devido à alta do dólar e ao IPI. Desta forma, o Chevrolet Camaro – fabricado no Canadá – deve continuar como o único carro importado mesmo sob condições pouco favoráveis. Ele ainda consegue ser rentável por não ter concorrentes diretos por aqui. Fonte |  Jornal do Carro