Lancia Delta se despede ainda neste ano, e o Voyager em 2015

Lancia / Mercado

Lancia Delta se despede ainda neste ano, e o Voyager em 2015

Marca permanecerá na Itália apenas com o Ypsilon, que será reestilizado

Lancia-Delta-MY2014-1[4]
A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) já deixou claro que a Lancia sobreviverá na Itália vendendo apenas o Ypsilon, que será remodelado no ano que vem. A empresa está concentrando em marcas com maior potencial como Alfa Romeo, Maserati e Jeep e, como as vendas da Lancia, que já não eram muito representativas fora da Itália, caíram 20% no ano passado, ela será posta de lado. Lancia-Delta-MY2014-2[8]
E já neste caminho a Lancia encolherá mais rápido do que se imagina. De acordo com um relatório da Bloomberg, o Delta, hatch médio exclusivo da marca, sai de linha ainda este ano e o Voyager, que nada mais é do que um Chrysler Town & Country, deixará de ser vendido no ano que vem. Lancia-Voyager-S-1[8]
As vendas da Lancia devem ser somadas às da Chrysler Europa, cuja estimativa da Fiat é que venda 80.000 veículos por ano em 2018. Isso se compara com os 75.000 Lancia vendidos no ano passado e é meta modesta para o CEO da empresa, Sergio Marchionne , que em 2010 disse que a Lancia iria vender 300.000 veículos em 2014.
Lancia-Voyager-S-2[8]