KTM retorna ao Brasil em parceria com a Dafra

KTM / Motocicleta

KTM retorna ao Brasil em parceria com a Dafra

Linha da montadora austríaca terá 14 modelos até o final de 2014

KTM is back (1)
O anúncio oficial já havia sido feito em março, mas agora foi dado mais um passo. A KTM, renomada fabricante austríaca de motocicletas, enfim está retornando às operações no Brasil, em parceria com a brasileira Dafra. E, chegando com força, já anunciou a importação de 14 modelos de sua linha para o nosso país. KTM is back (2)
Inicialmente chegam as motos de rua 1290 Superduke R, 1190 Adventure R, 1190 RC 8 R, 1190 Adventure, além das off-road 65 SX e 50 SX em dezembro, todas importadas. Na mesma época começa a montagem (em regime CKD, ou seja, onde as motos são trazidas desmontadas e montadas aqui), em Manaus, das 250 EXC-F, 300 EXC e 350 EXC-F, todas para uso na terra.
KTM-1190-RC8-Black-White
Em 2015 chegam as vedetes da marca, as 200 e 390 Duke, ambas de uso urbano. Junto com elas, também serão montadas pela Dafra as RC 390, a 250 SX-F e a 350 SX-F, sendo que todas estas estão previstas para o segundo semestre de 2015. Ainda assim, há modelos que ficaram de fora da lista, como as 690 Duke e 125 Duke, e o restante da família de pequenas esportivas, composta por RC 125 e RC 200. Nas palavras da direção executiva da KTM no Brasil, era impossível trazer toda a linha neste momento. Mas eles também afirmam que, de toda a linha, a 200 Duke já será colocada em solo nacional com uma intenção: roubar possíveis compradores das Honda CB 300 e Yamaha Fazer 250. Os planos iniciais da KTM no Brasil são de completar 3.000 vendas, 1.800 motos das linhas de alta cilindrada e off-road e mais 1.200 das linhas Duke e RC. A marca também garante que os clientes não precisarão se preocupar, pois eventuais danos no passado serão sanados, referente à época que a montadora era controlada no Brasil pelo grupo Izzo e fechou as portas em 2012. img73053-1386706917-v580x435