Museu da Audi na Alemanha homenageia história da DKW-Vemag no Brasil

Audi / Brasil / Clássicos

Museu da Audi na Alemanha homenageia história da DKW-Vemag no Brasil

Quem te viu, quem te vê, dêcávê

DKW-Belcar-DKW-Fissore[4]
A DKW, marca presente na memória brasileira, tem raízes alemãs. Após a Crise de 1929, mais especificamente em 1932, a marca se uniu a outras montadoras alemãs, incluindo a Audi, para formar a Auto Union – que, mais tarde, fora adquirida pela Volkswagen, dando origem à Audi de hoje em dia. A Auto Union viu o mercado brasileiro como um potencial e, em 1956, seus modelos desembarcaram no país sob tutela da Vemag (Veículos e Máquinas Agrícolas S.A). Tendo em vista seu passado, a Audi criou uma exposição exclusiva para os modelos brasileiros em seu museu, na Alemanha. DKW-Fissore-1964
Nada é por acaso: não nos esqueçamos que, nesse mesmo período, o então presidente da República, Juscelino Kubitscheck, era defensor do rodoviarismo e promoveu o crescimento industrial, atraindo diversas marcas e estimulando a produção automobilística. A marca virou um símbolo, estando na história de diversos brasileiros (que a chamavam de ‘dêcávê’). Foi motivo suficiente (e justo) para a Audi dedicar uma exposição exclusiva sobre os Vemag no seu museu em Ingolstadt.
DKW-GT-Malzoni-2[4]
A exposição, denominada “Ordem e Progresso – DKW Vemag e o novo amanhecer no Brasil”, possui em seu acervo três DKW. Um deles é o raríssimo GT Malzoni, esportivo que teve apenas 35 unidades produzidas. Junto dele está uma unidade do DKW Belcar e um DKW Fissore (que, numa empreitada autêntica, misturou tecnologia alemã e design italiano). A exposição também inclui modelos produzidos após a era Vemag e a aquisição da Auto Union pela Volkswagen, como o VW SP2, o Puma GT, uma unidade Puma e um VW EA 97, que mais tarde, com suas devidas alterações, daria origem ao Zé-do-Caixão, ou VW 1600.
DKW-GT-Malzoni-1[4]
A influência dos Vemag para os brasileiros também foi lembrada. Dentre outras histórias, sabe-se que Pelé adquiriu sua carteira de habilitação fazendo auto-escola em um DKW e que Emerson Fittipaldi bateu, aos 12 anos, o DKW de seus pais durante um passeio em família. A exposição é uma excelente dica para aqueles que pretendem passar férias na Alemanha e desejam se sentir um pouco em casa. Vale a pena dar uma passada em Ingolstadt – e , de preferência, uma voltinha em Nürburgring.
autowp.ru_dkw_malzoni_gt_4