Novo Ford Ka supera up! e será o compacto equipado mais econômico do Brasil

Ford / Segredos

Novo Ford Ka supera up! e será o compacto equipado mais econômico do Brasil

Hatch e sedã serão lançados em agosto

novo_ford_ka_5
A Ford fez questão de se antecipar ao lançamento do novo Ka e já divulgou
informações técnicas sobre seu novo motor 1.0 de três cilindros, além dos
números de consumo obtidos nos testes do Programa Brasileiro de Etiquetagem
Veicular (PBEV) do Inmetro. Resultado: mesmo antes de ser lançado, já superou o
Volkswagen
up!, ao menos em potência e consumo.
novo_ford_ka_2

O novo compacto global da Ford terá como opção mais acessível um motor 1.0
três cilindros que gera 85 cv quando abastecido com etanol e 80 cv com gasolina.
O torque é de 10,7 kgfm e 10,2 kgfm, respectivamente, o colocando como o motor
1.0L mais potente do mercado.

Este 1.0 também pode ser considerado o mais moderno do mercado. Avaliado para
o PBEV apenas equipado com ar-condicionado, o Ka cravou consumo de 8,9 km/l em
ciclo urbano e 10,4 km/l em rodoviário, com etanol. Rodando com gasolina, o
carro faz 13 km/l e 15,1 km/l, respectivamente. Só não supera os números
do Renault Clio, mas este foi testado sem ar-condicionado.novo_ford_ka_3 
A Ford também antecipou suas estratégias visando maior eficiência de
combustível. Ao invés da direção hidráulica, cuja bomba depende do motor para
funcionar, o novo Ka usará direção direção elétrica com assistência variável, o
que reduz o consumo em até 3%. O motor ainda conta com comando variável de
válvulas de admissão e escape com bobinas de ignição individuais para cada
cilindro.

A taxa de compressão do motor é relativamente alta (12:1), o que deve
proporcionar melhor desempenho com etanol e, para evitar dificuldade para dar
partida abaixo de 18°C quando com o combustível vegetal, terá sistema de
partida a frio sem tanquinho, com pré-aquecimento dos bicos injetores. 

novo_ford_ka1

Como o três cilindros do up!, o do Ka possui duplo circuito de arrefecimento,
independentes para o bloco e o cabeçote, o que ajuda a manter temperatura ideal
em cada parte do motor. Os coletores de admissão de plástico evitam que o calor
do combustível seja perdido antes de chegar à câmara de combustão, já o de
escape é integrado ao cabeçote. O eixo do virabrequim está levemente – e
propositalmente – desalinhado em relação às câmaras, impedindo que a energia da
explosão empurre a cabeça do pistão e os anéis contra o cilindro, o que
aumentaria o atrito dos componentes.

Outros aspectos que contribuem para maior eficiência são a aerodinâmica da
carroceria, pneus de baixo atrito e também as relações do câmbio. Diz a
Ford que o compacto estará a 3.350 rpm aos 100 km/h, contra 3.850 rpm
verificados nos atuais 1.0 de quatro cilindros da marca.

Equipamentos

Conta o Autos Segredos que a versão de entrada, S, deverá contar com ar-condicionado, rodas de ferro com calotas, direção elétrica, vidros dianteiros elétricos e travas na lista de equipamentos de série. As versões SE e SEL acrescentam sistema de som MyFord Dock (com conexão para smartphone) e, para o SEL, ainda haverá vidros elétricos nas quatro portas e alarme. Segundo o Carplace, o compacto também será o primeiro 1.0 nacional com controle de estabilidade.novo_ford_ka_4
Apesar de toda a badalação ser somente em cima do Ka em sua carroceria hatch, a Ford irá lançar tanto o hatch e como o sedã em agosto. Ainda estará disponível o motor 1.5 que estreou no New Fiesta e que rende 111cv a 5.500rpm e 15mkgf com etanol e 107cv a 6.500rpm e 14,8kgfm de torque a 4.250rpm com gasolina.