Dodge Charger SRT Hellcat é revelado

Dodge / Lançamentos

Dodge Charger SRT Hellcat é revelado

Com 717cv, o carro passa a ser o sedã mais potente do mundo

Dodge-Charger_SRT_Hellcat_2015_1280x960_wallpaper_08
Depois de causar alvoroço no mundo automotivo com o Challenger Hellcat, o muscle car mais rápido da história, a Dodge continua mexendo com o sonho de consumo dos gearheads. Depois de muita especulação e rumores, a fabricante anuncia o novo Dodge Charger SRT Hellcat. Equipado com o mesmo motor do Challenger, o Charger chega para conquistar os entusiastas que precisam de mais espaço para passageiros e malas do que o muscle car oferece. Com nada mais, nada menos, que 717cv, o modelo passa a ser o sedã mais potente do mundo, tirando o posto – com muita vantagem – do Mercedes Classe S65 AMG e seus 621cv.
011-2015-dodge-charger-srt-hellcat-1
Em relação ao Dodge Challenger SRT Hellcat, o Dodge Charger SRT Hellcat ganha mais 45 kg de peso, mas não pense que isso piorou o desempenho do carro. Justamente por causa do peso extra, o modelo consegue mais tração ao arrancar, o que melhora em 0.2 seg seu tempo no 1/4 de milha. Os proprietários do Dodge Charger SRT Hellcat também utilizarão o sistema duplo de chaves. A chave preta, que limita o Dodge Charger SRT Hellcat a – modestos – 500 cv de potência, ou pela chave vermelha que deixa os 717cv livres e esperando o pé direito colar no acelerador.
Dodge-Charger_SRT_Hellcat_2015_1280x960_wallpaper_2c
Além desta possibilidade, há outra que restringe ainda mais a potência do modelo. O Valet Mode pode ser ativado no sistema multimídia e requer apenas uma senha de 4 dígitos. Este sistema limita as arrancadas à 2ª marcha, ativa permanentemente os controles eletrônicos desativas os paddles shifts e restringir as rotações do motor na casa dos 4 mil rpm para evitar gracinhas de manobristas durante algum serviço necessário. Dodge-Charger_SRT_Hellcat_2015_1280x960_wallpaper_39
A previsão de lançamento do modelo é para o primeiro trimestre de 2015 – ainda dá tempo de juntar o dinheiro – e estima-se que fique na casa dos 60 mil dólares.