Híbridos passam a ter redução do imposto de importação no Brasil

Brasil / Leis / Mercado

Híbridos passam a ter redução do imposto de importação no Brasil

Medida não contempla elétricos nem híbridos recarregáveis em tomada

Carro-Toyota-Prius-Brasil (39)
Enfim híbridos começam a ser beneficiados pela legislação brasileira. A Câmara de Comércio Exterior (Camex) anunciou na última sexta-feira (19) no Diário Oficial da União a redução de imposto de importação para veículos híbridos, o que representa a redução da alíquota de 35%, para variar entre 0% a 7%, dependendo das características do modelo. novo-ford-fusion
Mas as há suas peculiaridades na regra. Ela não contempla elétricos nem híbridos que possam ter suas baterias carregadas na tomada, e seu motor a combustão precisa ter deslocamento entre 1.000cm³ (1.0) e 3.000cm³ (3.0), além de ser capaz de transportar até seis passageiros. Do contrário, a taxa de 35% permanece. A taxação varia entre 0%, 2%, 4%, 5% e 7%, e diminui de acordo com o índice de nacionalização do modelo, ou se ele chega ao país montado ou desmontado e, também, de eficiência energética. Os mais econômicos pagarão taxas menores do imposto.