Imprensa mexicana diz que Chevrolet Captiva sai de linha em novembro

Brasil / Chevrolet / Segredos

Imprensa mexicana diz que Chevrolet Captiva sai de linha em novembro

Em nota, fabricante nega e diz que modelo continua em linha

autowp.ru_chevrolet_captiva_sport_br-spec_10
Fabricado no México, na fábrica de Ramos Arizpe, o Chevrolet Captiva já estaria com data definida para se aposentar. Segundo o site mexicano Zócalo, o SUV deixaria de ser produzido em novembro, encerrando seu ciclo após seis anos em produção. O modelo é vendido no Brasil desde 2008, mas há um ano é vendido em apenas uma versão com motor 2.4 Ecotec. autowp.ru_chevrolet_captiva_br-spec_4
A fábrica também perderá a produção do Cadillac SRX, que será assumida pela fábrica da empresa em Spring Hill, Tennessee. Em troca, a unidade de Ramos Arizpe ficará encarregada da produção da próxima geração do Chevrolet Equinox, SUV médio da marca, um pouco maior que o Captiva e que passaria a ter boas chances de ser vendido no Brasil a partir de 2016. A unidade também receberia a produção do Chevrolet Cruze no ano que vem. Em nota, a Chevrolet do Brasil disse que não há qualquer fundamento nas informações e se limitou a dizer que o modelo continua está sendo produzido normalmente.

"Não tem nenhum fundamento a especulação sobre Captiva. O veículo continua sendo produzido normalmente no México e vendido tanto no mercado local quanto nos mercados de exportação, incluindo o Brasil.", diz a fabricante.

Lançado no Brasil em 2008, o Chevrolet Captiva fez relativo sucesso numa época de pouca concorrência e de importação de carros do México sem restrições. Porém, nos últimos anos, o que se viu foi a redução de sua gama de versões, perdendo primeiramente a versão 4×4 e em seguida a opção de motor V6. Fonte | Zócalo