Luca di Montezemolo deixa a presidência da Ferrari

Ferrari

Luca di Montezemolo deixa a presidência da Ferrari

Divergências teriam culminado na saída do executivo

luca-with-ferrari-getty-630-red
Em comunicado, a Ferrari anunciou que Luca di Montezemolo deixará sua presidência em outubro. O executivo Italiano, de 67 anos, ocupava o cargo 1991 e, ao menos por enquanto, será substituído por Sergio Marchionne, que hoje está à frente do grupo formado pela união da Fiat e da Chrysler, a FCA. A Ferrari não se justificou, mas críticas recentes à gestão de Montezemolo por parte de Marchionne e o desempenho abaixo do esperado na Fórmula 1 nos últimos seis anos, são associados ao caso. Outra questão seria o desejo do grupo de aumentar as vendas da Ferrari, enquanto Montezemolo defendia que a marca deveria continuar com produção limitada para manter a exclusividade. A mudança na chefia será concretizada no próximo sábado (13), justamente quando a FCA pretende listar suas ações na bolsa de valores de Nova York. “A Ferrari terá um importante papel na listagem de ações do Grupo FCA em Wall Street. Isso vai abrir uma nova e diferente fase, e acredito que ela deve ser comandada pelo CEO do Grupo [Marchionne]”, disse Montezemolo. “É o fim de uma era na Ferrari. Decidi deixar a presidência depois de 23 anos maravilhosos e inesquecíveis, depois dos que passamos com Enzo Ferrari nos anos 70”, completou.