Novo Honda City começa a ser produzido em Sumaré

Honda / Lançamentos

Novo Honda City começa a ser produzido em Sumaré

Segunda geração do modelo parte de R$ 53,9 mil

image004[4]
A Honda iniciou a produção da segunda geração do seu sedã compacto, o City. O modelo é fabricado pela marca japonesa em Sumaré, no interior de São Paulo e foi reformulado, recebendo alterações visuais e mecânicas para continuar firme perante os concorrentes. As vendas serão iniciadas na segunda quinzena de setembro e os preços partem dos R$ 53.900.

O Honda City manteve a mesma plataforma, mas recebeu algumas alterações que resultaram num melhor reaproveitamento do espaço interno e, consequentemente, em aumento do espaço para os ombros em 4 cm e para a cabeça em 1 cm. O passageiro do banco traseiro também foi beneficiado e o carro com 7 cm a mais de espaço para as pernas. Esse aumento também se deve ao aumento do entreeixos, que cresceu 5 cm. O conhecido motor 1.5 i-VTEC 16V agora conta com a tecnologia FlexOne, que dispensa o tanque auxiliar de gasolina para partida a frio, como no Civic e no Fit. Outra novidade mecânica fica por conta da transmissão CVT, que traz como destaque a configuração com sete marchas virtuais e paddle shift (borboletas) atrás do volante, nas versões EX e EXL. image006
No interior, o painel tem novo design, airbags frontais e laterais, ar-condicionado digital e sistema multimídia com tela de 5. O novo City chega ao mercado com preços entre R$ 53.900, na versão DX com câmbio manual de cinco marchas, e R$ 69.000, para a EXL com transmissão CVT.