Ferrari não terá SUV, sedã nem moto

Ferrari / Segredos

Ferrari não terá SUV, sedã nem moto

Fabricante desmente rumores, até o do aumento de sua produção

ferrari_ff_uk-spec_5
Não é porque Luca di Montezemolo está de saída da da chefia da Ferrari que agora tudo poderá acontecer lá dentro. O executivo italiano garantiu em sua última entrevista na liderança da empresa que não haverá um sedã ou um SUV da marca, como uma resposta a projetos de suas concorrentes. Até os rumores sobre uma moto foram desmentidos. Este último é regido por um rumor a respeito de uma patente de motor V-twin para motos que teria sido registrado em nome da Ferrari. Hoje na chefia da Ferrari, Sergio Marchionne disse estar feliz com a produção atual da marca, limitada a 7.200 unidades por ano, e desmentiu rumores sobre o aumento da capacidade para 10 mil carros por ano. Além disso, disse que não planeja integrar Ferrari na Fiat Chrysler Automobiles (FCA), porque "a mistura de seu sangue seria fatal para ambos." Por fim, Sergio Marchionne afirmou que o "objetivo inegociável" da empresa é colocar Scuderia Ferrari de volta ao topo da F1. Fonte | Autocar