Salão de São Paulo – Citroën lança motor 1.6 THP Flex e mostra novo C4 Picasso

Citroën / Salão de São Paulo

Salão de São Paulo – Citroën lança motor 1.6 THP Flex e mostra novo C4 Picasso

DS6 e DS3 Cabrio Racing vêm a passeio

_PF_5476
Do ponto de vista prático, a maior novidade da Citroën nesta edição do Salão do Automóvel é o motor 1.6 THP Flex, capaz de gerar até 173 cavalos. Mas a fabricante soube escolher boas atrações para entreter o público que passar por seu estande, com vários conceitos e carros que chegam em breve, com o C4 Picasso. _PF_5478
C4 Picasso –
Baseado na nova plataforma modular EMP2, a minivan francesa está mais leve e passa a contar com o motor 1.6 THP a gasolina, que rende 165cv e 24,5kgfm, e se acopla ao câmbio automático de seis velocidades ‑ um conjunto bem melhor que o antigo 2.0 com câmbio de quatro marchas. Curiosamente, o carro exposto tem motor diesel e câmbio manual.
_PF_5482
As dimensões são um pouco maiores, mas é visivel um melhor aproveitamento do espaço interno. O porta-malas raso e amplo se destaca, mas o banco do passageiro dianteiro com um apoio para as pernas e regulagens elétricas. Mas nada se compara com as grandes telas de LCD para o sistema multimídia e quadro de instrumentos.
_PF_5452
C4 Lounge –
O sedã médio faz relativo sucesso no mercado brasileiro e agora está mais potente. O motor 1.6 THP foi liberado pela engenharia para consumir álcool e, com isso, passa a render 173cv e (esperar torque), ante os 165cv e 24,5kgfm que rendia até então.
_PF_5454
A Citroën ainda mostra o showcar C4 Lounge Sport White, com rodas de 19 polegadas, aerofólio exclusivo, lanternas escurecidas, adesivos que imitam textura de fibra de carbono empontos estratégicos e um interior com couro extra macio. Destaque para a pintura branca fosca e a grade preta._PF_5465
Cactus –
Enquanto as vendas do C4 Cactus vão muito bem na Europa, o modelo vem a São Paulo ainda como conceito. É um dos mais esquisitões do Salão e chama atenção pelas AirBumps, espécie de almofadas posicionadas em locais estratégicos para proteger o veículo de colisões leves. O interior é todo modular e há até banco dianteiro inteiriço. O motor mais potente é o 1.2 EB Pure Tech de três cilindros com 132cv, suficiente para os 950kg deste crossover. _PF_5420
DS3 Full Led e Cabrio Racing reestilizado –
A linha 2015 do Citroën DS3 chega às lojas após o Salão do Automóvel por R$ 80 mil. A novidade fica por conta dos faróis Full led. No evento também está a versão Cabrio  Racing, com visual incrementado e teto retrátil, mas com o mesmo motor turbo de 165cv.
_PF_5426
DS5 Faubourg Addict –
Não basta o fato de a DS ser divisão de luxo da Citroën. A marca ainda mostra uma série mais opulenta. O DS5 Faubourg Addict tem combinação de cores exclusiva chamada Whisper, que mistura tons de preto com roxo. Ainda há rodas com acabamento diamantado e capas dos espelhos retrovisores com aparência semelhante a de ”joias de alta qualidade”._PF_5414
DS6 –
Desenvolvido especificamente para o mercado Chinês, hoje o maior consumidor de automóveis do mundo, é o primeiro utilitário da linha DS. O interior tem revestimento tem dois tons de couro e há acabamento de alumínio polido nas portas, volante e no console central. Tem motor 1.6 e-THP em versões de 160cv e 200cv, sempre com câmbio automático de seis velocidades._PF_5417
C3 HybridAir –
O HybridAir combina o uso de um motor 1.2 a gasolina de três cilindros da nova família Pure Tech da PSA (15% mais potente e 25% mais econômico do que a geração anterior), um compressor, um cilindro de ar comprimido instalado de forma longitudinal no centro do carro, uma bomba hidráulica de alta pressão e transmissão automática. Testes da montadora apontaram que os protótipos Hybrid Air reduziram em 45% o consumo de combustível em ciclo urbano quando comparados com modelos iguais a gasolina. O Citroën C3 VTi 83 equipado com a tecnologia obteve consumo de 2,9 litros de gasolina a cada 100 quilômetros rodados, ou cerca de 33 km/l, com emissão de 69 gramas de CO2 por quilômetro.