Jaguar F-Type ganha opção de câmbio manual e tração integral

Jaguar / Lançamentos / Salão de Los Angeles

Jaguar F-Type ganha opção de câmbio manual e tração integral

Esportivo ainda passa a ter direção elétrica

AWD S Blackberry_Manual S Caldera Red_02
A Jaguar apresenta três novidades para o F-Type durante o Salão de Los Angeles. Parece pouco, mas é o suficiente para mais que dobrar a quantidade de versões do esportivo, que passam de seis para 14. A culpa nem é tanto da direção elétrica, mas sim da tração integral e do câmbio manual que passam a estar disponíveis para os esportivos. AWD S Blackberry_03
O que há de tão interessante no câmbio manual? Bem, é o primeiro esportivo da Jaguar com pedal de embreagem desde os anos 70. Esta nova tem seis marchas e foi desenvolvida pela alemã ZF – mesma empresa que fornece o câmbio automático de oito marchas para a Jaguar e quase todas as grandes fabricantes – estará disponível com apenas com motor V6 com tração traseira. A ideia da Jaguar é tornar o F-Type mais divertido e também aproximar o motorista do carro.
Manual S Caldera Red_05
Manual S Caldera Red_Studio_08A oferta de tração integral também é importante. É opção para os motores V6 e V8 com câmbio automático. Muitos dos componentes são compartilhados com o sistema AWD dos sedãs XJ e XF, mas com a eletrônica evoluída e foco em velocidade final, desempenho e comportamento dinâmico, em vez de tração. O sistema tem o que a Jaguar chama de Intelligent Driving Dynamics (IDD), sistema desenvolvido internamente que controla a interação entre a tração nas quatro rodas e a tração apenas na traseira, há operação eletronicamente (no V8) ou diferencial de deslizamento limitado mecânico, vetorização de torque e sistemas dinâmicos de estabilidade. No fim das contas, em condições normais 100% do torque vai para as rodas de trás, passando a dividir com as rodas dianteiras de acordo com o ângulo do volante, velocidade das rodas, aceleração lateral e longitudinal e modo de condução selecionado.
Manual S Caldera Red_01