Nova Kawasaki Ninja H2 segue conceito e tem 200cv de potência

Kawasaki / Salão de Milão

Nova Kawasaki Ninja H2 segue conceito e tem 200cv de potência

Mesmo assim, versão conceitual inspirará a de pista

Kawasaki com asas (1)
Uma das atrações do Salão de Colônia (INTERMOT) 2014 foi a Kawasaki Ninja H2R, esportiva conceitual com 300cv de potência e “asas” para gerar pressão aerodinâmica. À época, foi mostrada para antecipar a chegada da não menos brutal H2, apresentada agora no Salão de Milão. E ainda há outra boa notícia: a H2R será produzida, mas só poderá rodar em circuitos. Kawasaki com asas (5)
A nova esportiva já tem as vendas confirmadas para 2015 (por ora sem previsão de chegar ao Brasil). No entanto, praticamente tudo que chocou na H2R está na H2, como a “misteriosa” pintura em prata refletivo e os apêndices aerodinâmicos simulando “asas”. A cor é obtida através de uma reação química e reveste toda a superfície da motocicleta (que tem também alguns detalhes em verde, como no quadro e na carenagem dianteira), dando um efeito de espelho. Kawasaki com asas (4)
O motor de quatro cilindros com compressor ficou mais “manso”. Frente aos 310cv declarados da Ninja H2R, a H2 tem “só” 200cv, sendo que o compressor ajuda a H2 a atingir números altos de torque, e também traz acelerações mais fortes. Inclusive, foi graças a esse desempenho que ela ganhou esse nome, que remete a uma Kawasaki de motor 2 tempos e 748,2 cilindradas, a Mach IV 750, que também era chamada de H2 e era reconhecida pela aceleração.
Kawasaki com asas (2)
E, para controlar tamanha potência, ela traz diversos controles eletrônicos como controle de tração, freios ABS e controle de freio motor. Inclusive, pela primeira vez uma moto da marca possui uma balança do tipo monobraço.
Kawasaki com asas (3)