Mercedes comemora sucesso na F1 com edições especiais do SL 63 AMG

AMG / F1 / Mercedes-Benz / Série Especial

Mercedes comemora sucesso na F1 com edições especiais do SL 63 AMG

Personalizadas pelos pilotos, serão vendidas em pares

Mercedes-SL63-AMG-World-Championship-2014-Collector’s-Edition-0

Para celebrar o sucesso na Fórmula 1 em 2014, a Mercedes-Benz apresenta duas edições especiais do SL 63 AMG. Os dois pilotos da equipe, Lewis Hamilton e Nico Rosberg, ficaram com as duas primeiras posições no campeonato, e agora trabalharam junto à Mercedes para personalizar o cupê à seu gosto.

Mercedes-SL63-AMG-World-Championship-2014-Collector’s-Edition-2

Lewis Hamilton foi campeão e escolheu para seu carro a cor preta com acabamento Designo Night Black Magno e detalhes em dourado no exterior e interior. Por dentro, tons escuros e bancos de couro preto. Rosberg, vice-campeão, escolheu a cor branca, com acabamento Designo Cashmere White Mogno. Detalhes são cromados e interior é bicolor. De série, contará com sistema de som Bang & Olufsen.

Mercedes-SL63-AMG-World-Championship-2014-Collector’s-Edition-6

O motor 5.5 V8 biturbo recebe aumento de potência, entregando 585 cv e 91,7 kgfm. A velocidade máxima aumentou para 300 km/h. O pacote AMG Driver’s já equipa os modelos, além da suspensão esportiva AMG.

Mercedes-SL63-AMG-World-Championship-2014-Collector’s-Edition-4Mercedes-SL63-AMG-World-Championship-2014-Collector’s-Edition-5

Apenas 19 unidades de cada carro serão fabricadas. Cada uma é estilizada para uma etapa do campeonato, com uma placa no console com o nome do circuito e seu traçado, que também está desenhado nos tapetes.

Mercedes-SL63-AMG-World-Championship-2014-Collector’s-Edition-7Mercedes-SL63-AMG-World-Championship-2014-Collector’s-Edition-8

Os carros serão vendidos apenas aos pares, ao menos inicialmente. O preço? 630 mil euros na Alemanha, aproximadamente 785 mil dólares. Além dos dois carros, o comprador leva um capacete utilizado por um dos pilotos, um relógio IWC Ingenieur Chronograph, um livro da Fórmula 1 autografado por ambos e convite para a corrida de Melbourne, na abertura da temporada 2015.