Com 600 cv, Ford GT é uma das estrelas da norte-americana em Detroit

Ford / Salão de Detroit

Com 600 cv, Ford GT é uma das estrelas da norte-americana em Detroit

Versão de produção chega em 2016

Ford-GT_2017_1280x960_wallpaper_03
A nova geração do Ford GT, que chega ao mercado em versão de produção no ano que vem já como linha 2017, é, talvez, um dos carros mais importantes a ser exibido no Salão de Detroit nos próximos dias. Ele apresenta um design que remete ao original, mas adaptado à nova realidade em que a Ford o descreve como um supercarro de alto desempenho. Ford-GT_2017_1024x768_wallpaper_04
As linhas são atraentes e tornam o modelo eficiente em termos de aerodinâmica; a silhueta o ajuda na hora de vencer para reduzir o arrasto e gerar mais downforce, tipo de pressão que interfere na estabilidade do veículo. O modelo de dois lugares tem portas em fibra de carbono ao estilo Lamborghini. Para ajudar a manter o carro no chão, na traseira há um aerofólio ativo automaticamente ajustável de acordo com as condições de rodagem.
Ford-GT-1
Encarregado de cumprir a tarefa de mover o esportivo norteamericano, um novo motor twin-turbo V6 EcoBoost acoplado a uma transmissão automatizada de sete marchas e dupla embreagem jogam 600 cv às rodas traseiras de 20 polegadas. De acordo com a Ford, a transmissão transaxle – montada atrás do motor – é capaz de proporcionar mudanças quase instantâneas. Calçam as rodas pneus Michelin Pilot Super Sport Cup.
Ford-GT-10
Por dentro da cabine os comandos são simples e funcionais. O volante de remete aos F1, o velocímetro e o conta-giros são exibidos por um cluster totalmente digital e configurável,  juntamente com SYNC 3 sistema da Ford que traz informações e serve como entretenimento. Ford-GT_2017_1280x960_wallpaper_09