McLaren mostra o 675 LT, que chega aos 100km/h em 2,9 segundos

McLaren / Salão de Genebra

McLaren mostra o 675 LT, que chega aos 100km/h em 2,9 segundos

Versão é 100kg mais leve e 25cv mais potente que o 650S

12185328071490177270
A relação peso-potência é o grande destaque do novo McLaren 675 LT (“Longtail”) , ao mesmo tempo que homenageia os antigos carros de competição da marca, como o F1 GTR Long Tail de 1997. Neste caso, o esportivo está 100kg mais leve que o 650S e ainda 25cv mais potente, com um total de 675cv e 71kgfm gerados pelo mesmo V8 3.8 biturbo. 12899986521841044545
São 549cv por tonelada, um bom número que também é responsável pela aceleração de 0 a 100km/h em 2,9 segundos (0,1s mais rápido) e ainda chega aos 200km/h em 7,9s (0,5s mais rápido). Em outras palavras, é tão rápido que quando um Jetta TSI está chegando aos 100km/h o 675 LT já está a 200km/h. A velocidade máxima é de 330 km/h (5 km/h a mas). 19819430312120267735
O peso menor vem da utilização de fibra de carbono em escala maior, além de outros materiais leves tanto no motor motor, como na carroceria e chassi. No total são 1230kg. Mas não há grandes diferenças no visual, apenas a base do para-choque dianteiro em fibra de carbono e ponteiras de escape em titânio em formato circular, além dos bancos inspirados nos utilizados no McLaren P1. 10933208287252702544403327551714766821