Ford EcoSport passa por mudanças na Europa e estepe passa a ser opcional

Ford / Salão de Genebra

Ford EcoSport passa por mudanças na Europa e estepe passa a ser opcional

Críticas dos consumidores e da imprensa foram consideradas para ajustes

Ford-EcoSport-2
O sucesso do Ford EcoSport no Brasil não se repetiu na Europa, onde o SUV foi recebido com críticas sobre a qualidade do acabamento e para o estepe pendurado na tampa do porta-malas sem necessidade. A Ford se mexeu e mostra no Salão de Genebra o resultado de seus esforços, que inclui até a retirada do estepe. Ford-EcoSport-1
Na verdade, o consumidor poderá escolher entre o pneu sobressalente ou em um kit de reparo rápido caso o pneu fure, retirando o estepe. Feito isso, a placa do carro passa a ocupar a tampa e o visual fica muito parecido com o do monovolume C-MAX, mas a traseira muito reta deixa o aspecto um pouco esquisito. Neste caso, a porta traseira também foi modificada para permitir abertura parcial da tampa em lugares apertados. A qualidade do acabamento recebeu as piores críticas por estarem aquém do que é visto no Fiesta vendido na Europa  – e olha que os carros vendidos por lá são fabricados na Índia, e não no Brasil. Agora a Ford diz ter feito melhorias "sutis e elegantes”, incluindo novo quadro de instrumentos com dimmer para a iluminação, isolamento acústico reforçado e detalhes cromados espalhados pela cabine.
Ford-EcoSport-3
Entre os equipamentos, a novidade fica por conta de um pacote para lugares frios que inclui para-brisa aquecido, espelhos aquecidos e assentos dianteiros aquecidos. Central multimídia com GPS e câmera de visão traseira também será oferecido. A dinâmica do utilitário também recebeu atenção, com nova calibração que envolveu mudanças no eixo de torção, nas molas e também nos amortecedores, o que deixou o modelo 1cm mais baixo.