Peugeot 2008 começa a ser fabricado no Brasil

Brasil / Peugeot

Peugeot 2008 começa a ser fabricado no Brasil

Crossover chega às lojas dentro de um mês com duas opções de motores

chaparia_peugeot_2008
Como resultado de três anos de trabalho, teve início hoje na fábrica da PSA Peugeot Citroën a produção do Peugeot 2008. O crossover chega às lojas dentro de um mês para acirrar ainda mais um segmento que até lá terá Ford EcoSport, Renault Duster com novo visual, Honda HR-V e Jeep Renegade disputando a mesma clientela. pintura_peugeot_2008
Para dar início a produção local do 2008 a PSA investiu R$ 400 milhões no desenvolvimento do modelo e na adaptação da fábrica, trabalho que envolveu mais de 300 pessoas envolvidas com a fábrica, com o projeto técnico e ainda com o design. Para a Peugeot o 2008 representa a chance de recuperar a participação de mercado perdida nos últimos anos – em 2014 representou menos de 1% do mercado nacional. Na Europa deu certo: hoje é o utilitário compacto mais vendido por lá. Por aqui terá a seu favor o pacote de equipamentos e, principalmente, preços competitivos – deverá partir dos R$ 65 mil. A plataforma é a mesma de Peugeot 208 e Citroën C3, o que explica o fato de ser menor e mais baixo que os concorrentes, quase uma perua. Em contrapartida, herda boas características do Peugeot 208, como o quadro de instrumentos em posição elevada e o volante pequeno, dando destaque à central multimídia com tela de sete polegadas. No Brasil serão duas opções de motores, um 1.6 aspirado (de 122cv) e o 1.6 THP (turbo com 173cv), ambos flex. No início haverá apenas câmbio manual de cinco marchas, mas no segundo semestre o motor menor canha câmbio automático de quatro marchas enquanto o maior terá seis marchas. Na falta de tração 4×4, as versões mais equipadas terão bloqueio do diferencial dianteiro.