Tata Nano GenX ganha novo visual e transmissão automatizada

Tata

Tata Nano GenX ganha novo visual e transmissão automatizada

Compacto indiano passou ainda por melhorias estruturais e tecnológicas

tata-nano-
Apresentado em 2008 com a promessa de ser o carro mais barato do mundo, o Tata Nano passou por sua primeira grande reestilização, passando a ser chamado de Nano GenX. Com importantes novidades mecânicas, tecnológicas e visuais, o modelo, disponível apenas na Índia, será vendido a partir de 199 mil rúpias, cerca de R$ 9.500. tata-nano-4
Disponível em cinco versões de acabamento (XE, XM, XT, XMA e XTA), o indiano ganhou visual mais simpático com novos para-choques (com aberturas que mais parecem sorrisos), faróis com máscara negra e calotas redesenhadas. No interior, o novo volante é a principal mudança. tata-nano-3
No que diz respeito a mecânica, o Nano GenX passa a ter, em suas versões mais caras, um câmbio automatizado (com aparência semelhante a do Dualogic, da Fiat) com função Sport e creeping, um recurso útil em carros automáticos que faz com que o carro ande lentamente ao soltar o freio, sem pisar no acelerador, muito utilizado no trânsito pesado ou em manobras. Além disso, há ainda direção com assistência elétrica, aumento no tanque de combustível (agora com 24 litros), reforços estruturais como na zona de deformação frontal e barras laterais e novos recursos de conectividade como USB e Bluetooth. tata-nano-2
O compacto da Tata, proprietária do grupo Jaguar Land Rover, é sempre equipado com o motor 0.6 de dois cilindros com 38cv de potência a 5.500 rpm e 5,2kgfm de torque. De acordo com a marca, o Nano GenX tem média de consumo em 23,8km/l na versão manual e 25km/l com câmbio automatizado.