Volkswagen Polo deixa de ser oferecido no Brasil

Fim de Carreira / Volkswagen

Volkswagen Polo deixa de ser oferecido no Brasil

Modelo já havia deixado de ser fabricado em 2014

 autowp.ru_volkswagen_polo_sportline_1[1]
Mesmo sem confirmação oficial, a ausência do Polo no configurador online da Volkswagen entrega: O modelo saiu de linha no país. Com uma geração de atraso em comparação com o modelo europeu, já havia deixado de ser fabricado no final de 2014. Procurados pela equipe do Novidades Automotivas, concessionários afirmaram que tentam zerar o estoque do modelo. Apesar da idade, o Polo ainda guardava consigo o excelente comportamento dinâmico, fruto de um chassi rígido montado com solda a laser (novidade na época). Quem ainda se interessar, pode correr para as concessionárias e chorar descontos nas unidades restantes no estoque das concessionárias. O modelo sedã e equipado com câmbio i-motion é o mais encontrado. volkswagen_polo_sedan_br-spec_3
Na tabela de abril, o modelo ainda era encontrado nas opções hatch e sedã e com versões de câmbio manual ou automatizado. O motor era o 1.6 flex para o hatch, enquanto o sedã contava ainda com o 2.0. Na tabela de maio o modelo foi retirado, o que reforça o indício. Ao longo dos doze anos de Brasil, passou por duas reestilizações, sendo uma mais profunda em 2006 e outra mais leve em 2011. Em 2007, quando a Volks alardeava aos quatro contos que tínhamos o mesmo Polo vendido no resto do mundo, trouxe 99 unidades do Polo GTI 2p europeu, equipado com motor 1.8 turbo de 150cv. O Polo hatch ainda contou com a versão GT equipada com motor 2.0. autowp.ru_volkswagen_polo_bluemotion_5-door_br-spec_1
Também não podemos nos esquecer do Polo Bluemotion e seu motor frugal, auxiliado pela aerodinâmica, pelos pneus de baixo atrito e pelo câmbio mais longo, nem do Polo E-Flex, primeiro carro nacional sem tanquinho de partida a frio – sistema incorporado pelo Bluemotion posteriormente. No início até existiu um modesto motor 1.0 16v de 70cv, mas nos últimos anos o Polo recebeu apenas os motores 1.6 e 2.0, com opções de câmbio manual e automatizado I-Motion.