Ferrari confirma “nova Dino” para os próximos anos

Curiosidades / Ferrari / Segredos

Ferrari confirma “nova Dino” para os próximos anos

Para honrar o nome, o modelo terá motor V6 central

ferrari dino 2 (Copy)

Queira Enzo Ferrari ou não, a Dino foi um dos maiores ícones da história da Ferrari, apesar de ter sido um modelo de “baixo custo”. Agora, quase cinco décadas depois de seu lançamento, o nome Dino volta à tona, com questão de tempo para dar vida a um novo superesportivo da marca italiana.

ferrari dino 3 (Copy)

De acordo com uma animadora declaração feita por Sergio Marchionne, presidente da Ferrari, ao site AutoCar, “a questão não é ‘se’, mas ‘quando” o nome Dino voltará a batizar uma Ferrari. Já confirmando que o modelo terá motor central, Marchionne aponta ainda que seria um grande erro produzir um superesportivo com tanta bagagem histórica levando um motor dianteiro que, apesar disso, sairia mais barato.

Posicionada um degrau acima da California T, perdendo o título de “carro de baixo custo”, a nova Dino será dotada de um motor V6 biturbo de aproximados 500cv de potência, indo de 0 a 100km/h em menos de 3,5 segundos e atingindo cerca de 322km/h de velocidade máxima.

ferrari dino 5 (Copy)

HISTÓRIA

Lançada em 1968, a Ferrari Dino foi concebida em homenagem ao filho de Enzo Ferrari, Alfredo, mais conhecido como “Dino”. Não apenas no nome, o tributo também foi feito pela motorização que equipava o modelo, o único V6 de toda a história da marca até então. O motivo? Alfredo havia sido o idealizador de um motor V6 para empurrar a Ferrari que competia na Formula 2 – projeto abortado por impossibilidade de homologação.

ferrari dino 4 (Copy)

Tal posicionamento não agradou aos puristas e ao próprio Enzo, fazendo com que, pelo temperamento nada amigável do fundador da marca, a Dino fosse um esportivo de entrada sem o tradicional cavalino rampante estampado. O motor V6 2.4 entregava 195cv de potência e 23kgfm de torque que, aliado a transmissão manual de cinco marchas, levava o modelo de 0 a 100km/h em 7 segundos.