Mini Clubman 2016 é revelado e perde portas suicidas

Lançamentos / MINI

Mini Clubman 2016 é revelado e perde portas suicidas

Perua do Cooper é o maior modelo já produzido pela marca

mini clubman

Terceiro integrante da nova linha Cooper, o novo Mini Clubman foi revelado. O modelo, agora uma genuína perua, se tornou o maior Mini já produzido, com dimensões que superam as do crossover Countryman. Sua vinda ao Brasil ainda é incerta, no entanto, caso confirmado, o modelo chegará por aqui até o início de 2016.

mini clubman 2

Por fora, o novo Clubman repete o visual visto no conceito homônimo em 2014. A dianteira é a mesma do hatch, com grandes aberturas e faróis rodeados por LEDs. É a partir da metade da carroceria, porém, que a peruinha se diferencia do restante da gama. A porta direita suicida da geração anterior foi abandonada, dando lugar a portas convencionais dos dois lados. A tampa traseira, porém, permanece com abertura (elétrica) em duas portas, mas as lanternas ficaram maiores e horizontalizadas.

mini clubman 4

O destaque do modelo vai para suas dimensões. Com 4,22 metros de comprimento, 27 centímetros a mais que a versão antiga, o Clubman supera os 4,11 metros do Countryman. A medida do entre-eixos cresceu 10 centímetros e o porta-malas pode chegar a 1.250 litros com os bancos traseiros rebatidos.

mini clubman 3

Serão três opções diferentes de motorização para o Mini Clubman, sendo uma a diesel e duas a gasolina. O primeiro motor, a diesel, é um 2.0 turbo de 148cv de potência e 33,7kgfm de torque capaz de levar o Cooper perua de 0 a 100km/h em menos de 8,5 segundos e a velocidade máxima de 212km/h. Em seguida, a gasolina, o 1.5 turbo de três cilindros entrega 134cv e 22,4kgfm e vai de 0 a 100km/h em 9,1 segundos. A velocidade máxima é de 205km/h. Por último, para a versão apimentada S, o motor 2.0 turbo rende 190cv de potência e 28,5kgfm de torque. O 0 a 100km/h cai para 7,1 segundos e a velocidade máxima sobe para 228km/h.