BMW revela conceito do i8 movido a células de hidrogênio

BMW / Conceitos / Tecnologia

BMW revela conceito do i8 movido a células de hidrogênio

Modelo tem autonomia próxima de 500km

bmw i8 fuell cell

Manter segredo acerca de um projeto não é nada fácil atualmente, mas a BMW conseguiu. Pronto desde 2012, o inédito i8 conceitual movido a células de hidrogênio foi revelado nesta quinta-feira (2) pela marca. Os únicos rumores apontavam que a tecnologia poderia ser apresentada nos próximos anos em um sedã, mas que ainda estaria em desenvolvimento.

bmw i8 fuell cell2

As diferenças em relação ao i8 convencional começam já pelo visual, com linhas mais sólidas, mas não menos futuristas. A pintura fosca e as rodas com “tampões” nas bordas também são exclusividades do conceito. Não há imagens do interior do modelo.

Entretanto, a aparência é o que menos importa no novo conceito da BMW. Apesar de ser construído com a mesma base do i8, o modelo deixa de lado o motor 1.5 turbo de três cilindros a gasolina para dar lugar a uma pilha, ou bateria, de combustível, que entrega 242cv de potência.

bmw i8 fuell cell3

A tecnologia, um tanto complexa, é fruto da parceria da BMW com a Toyota, que visa o desenvolvimento de motores, baterias e energias alternativas. Para mover o i8 “especial”, um tanque cilíndrico recebe o oxigênio proveniente do ar externo, gerando a reação que “abastece” o motor elétrico instalado na traseira do veículo, que terá autonomia próxima de 500km e expelirá vapor de água pelo escapamento.

A marca não deu maiores detalhes sobre o funcionamento do sistema e da mecânica do modelo, mas sua produção em série é esperada para acontecer até 2020.