Lamborghini descarta a produção do híbrido Asterion

Conceitos / Híbridos / Lamborghini

Lamborghini descarta a produção do híbrido Asterion

A marca afirma que a prioridade no momento é o SUV Urus

lamborghini_asterion_lpi_910-4

Desde que apresentou o conceito Asterion em 2014, durante o Salão de Paris, a Lamborghini nunca demonstrou grande interesse na produção do modelo. A própria marca chegou a declarar que o cupê não passaria de um protótipo para demonstrações. No entanto, se alguém ainda alimentava alguma esperança, é bom esquecer. Segundo o CEO da Lamborghini, o Asterion foi deixado de lado pela dedicação ao utilitário Urus.

lamborghini_asterion_lpi_910-4_1

Em uma entrevista cedida ao AutoCar, Stephan Winkelmann revelou que os planos de desenvolvimento do SUV Urus fizeram com que o Asterion ficasse totalmente fora de questão por ora. “Ele foi construído para mostrar o que faríamos caso os regulamentos nos obrigassem a ter 30 milhas (cerca de 48km) de autonomia elétrica, além de alto desempenho. Por causa do peso das baterias, aproveitamos a oportunidade para fazê-lo maior e mais espaçoso. Queríamos ver as reações dos clientes”, reforçou Winkelmann. O conceito é equipado com um conjunto híbrido que combina três motores elétricos de 300cv e um V10 5.2 a gasolina de 610cv de potência, resultando em 910cv. O consumo chega a 23,4km/l, enquanto a autonomia do modo totalmente elétrico é de 50km.

lambo-urus-2

Enquanto isso, o Urus segue forte com sua produção confirmada para 2018. O SUV, que adotará linhas bem próximas do conceito de 2012, deverá se tornar o primeiro modelo de produção com conjunto híbrido da Lamborghini, uma vez que o Asterion é um conceito. Além disso, será dele também o primeiro motor turbo da marca.