Lamborghini descarta o uso de motores turbo em seus superesportivos por enquanto

Lamborghini / Motores

Lamborghini descarta o uso de motores turbo em seus superesportivos por enquanto

Para a marca, motores aspirados ainda são os melhores do mercado

lamborghini_huracan_lp_610-4_22 (Copy)

Assim como o Grupo Jaguar Land Rover se recusa a entrar para o time dos carros autônomos, a Lamborghini permanece resistente à ideia de introduzir motores turbo em seus superesportivos. Há controvérsias, no entanto.

lamborghini aventador (Copy)

Em uma declaração ao site AutoBlog, o CEO da Lamborghini, Stephan Winkelmann, deixou claro que ainda são remotas as possibilidades de a marca italiana se render aos motores turbinados. Para ele, os aspirados ainda são “os melhores motores do mercado para uso em superesportivos em termos de aceleração e som”, afirmando ainda que “enquanto não houver nada melhor”, a Lamborghini trabalhará duro para mantê-los.

Winkelmann, entretanto, não definiu a ideia como impossível. O executivo seguiu dizendo que a fabricante procura sempre melhorar seus carros e que, no futuro, isto pode representar a introdução do turbo. Mas por enquanto não.

lamborghini_urus_concept_1 (Copy)

A controvérsia deverá vir a bordo do novo SUV da Lamborghini, o Urus. Previsto para ser apresentado entre 2018 e 2019, o utilitário é esperado para ser equipado, além de um V10, com um 4.0 V8 bi-turbo vindo do Audi R8, mas com alguns ajustes.