Mercedes-Benz poderá ter até oito modelos baseados na plataforma MFA

Mercedes-Benz / Segredos

Mercedes-Benz poderá ter até oito modelos baseados na plataforma MFA

Um sedã, um crossover e um conversível estão nos planos

mercedes-benz_a_250_sport_1

Cada vez mais importantes, os modelos de entrada têm garantido grande parte do lucro das montadoras – sejam elas populares ou “premium”. Por isso, a gama dos modelos mais “baratos” da Mercedes-Benz deverá crescer. De acordo com declarações da marca, a próxima atualização da plataforma MFA poderá gerar até oito modelos diferentes. Isto deve fazer parte do investimento bilionário anunciado pela fabricante.

mercedes-benz_cla_45_amg_uk-spec_7

Segundo o Thomas Weber, membro do conselho da administração da Daimler, a plataforma MFA (que apresenta disposição padrão para tração dianteira) deverá ir além dos atuais Classe A, CLA, CLA Shooting Brake, GLA e Classe B, introduzindo ao menos três novos modelos. Isto se dará na segunda geração da plataforma, prevista para daqui a três anos. Sem confirmar, Weber deu a entender que um dos modelos será um crossover que dividirá o espaço com o GLA. Além deste, poderão ser apresentados um novo sedã e um conversível de entrada.

mercedes-benz_b_250_amg_line_4

Enquanto isto não acontece, a Mercedes tem promovido pequenas mudanças na linha Classe A, voltadas em sua maior parte para o conjunto mecânico dos modelos. Apenas o hatch, por ora, ganhou visual renovado. CLA e GLA aderiram apenas ao motor 2.0 turbo atualizado. Vale ressaltar que, além dos modelos da Mercedes-Benz, a plataforma em questão também dá origem ao novo Infiniti Q30 – além do futuro QX30, crossover da marca de luxo da Nissan.