Mitsubishi Outlander PHEV chega ao Japão de cara nova

Híbridos / Lançamentos / Mitsubishi / Reestilizações

Mitsubishi Outlander PHEV chega ao Japão de cara nova

Variante híbrida adotou o novo visual do utilitário

mit outlander phev (Copy)

O novo Mitsubishi Outlander com visual renovado já está à venda no Brasil. Já a variante híbrida do utilitário, apesar de chegar cerca de um mês antes, veio atrasada ainda com o visual antigo do modelo. No Japão, porém, o Outlander PHEV já está de cara nova – mas com mudanças bem discretas em relação às outras configurações.

mit outlander phev 4 (Copy)

A Mitsubishi apresentou, de uma só vez, as versões “convencionais” e a híbrida do novo Outlander no mercado japonês. Na dianteira, o para-choque do SUV híbrido tem pequenas mudanças nas posições e no tamanho das aberturas, assim como nos nichos dos faróis de neblina, que perdem o friso cromado das versões exclusivamente a combustão. A grade superior recebe acabamento mais escuro.

mit outlander phev 2 (Copy)

Toda a volta da base da carroceria do Outlander PHEV abandona os apliques plásticos sem pintura, mostrando a vocação ainda mais urbana da versão. Isto se mostra ainda mais evidente na traseira, com o para-choque quase que integral na cor da carroceria, deixando de lado a porção sem pintura. A antena é do tipo “tubarão”, enquanto as rodas (com desenho exclusivo) podem ser até de 18 polegadas. Grandes logotipos nas laterais e na traseira identificam a versão PHEV.

O interior ganha novos materiais de revestimento, além de um inédito volante de quatro raios com comandos multimídia. Apliques em black piano estão presentes no painel, no console central e nas portas. Outra exclusividade do modelo, especificamente disponível em um pacote premium de acabamento, é o revestimento marrom dos bancos e dos insertos nos painéis das portas, com realce garantido pelas costuras vermelhas.

mit outlander phev 3 (Copy)

O conjunto mecânico do Outlander PHEV não mudou, mas passou por atualizações que deixaram o jipão mais econômico e com menor ruído proveniente do motor. Segundo a Mitsubishi, o consumo atinge os 20,2km/l, enquanto a autonomia no modo totalmente elétrico subiu para 60,8km. No Brasil, o modelo é equipado com um motor a gasolina 2.0 de 121cv acoplado a outros dois elétricos de 82cv cada. Com isso, a potência combinada é de 285cv, enquanto o torque é de 53,3kgfm.