Efeito Tesla: Aston Martin terá Rapide elétrico de 800cv

Aston Martin / Híbridos / Segredos

Efeito Tesla: Aston Martin terá Rapide elétrico de 800cv

SUV movido a eletricidade também está nos planos

aston_martin_rapide_s_1

É inegável que atualmente o Tesla S reina absoluto quando o assunto é desempenho vindo de um motor totalmente elétrico. Mas parece que tem gente de olho nisso. A Aston Martin declarou, de forma oficial, que um sedã elétrico de alto desempenho está em desenvolvimento e deve ser apresentado em até dois anos.

aston_martin_rapide_s_us-spec_24

Em uma entrevista cedida ao site Automotive News durante o Concours D’Elegance, em Pebble Beach, o CEO da Aston Martin, Andy Palmer, revelou os planos da fabricante de apresentar um inédito Rapide com motorização totalmente elétrica nos próximos dois anos. Para isso, o modelo já está em desenvolvimento e roda em testes disfarçado por uma “mula”. Ainda segundo Palmer, o modelo deverá custar entre 200 e 250 mil dólares (R$ 693 mil a R$ 866 mil). A pretensão de vendas é de “centenas de unidades” por ano.

Para brigar em pé de igualdade com o Tesla S, o Rapide elétrico será dotado, também de acordo com o executivo, com um motor de aproximadamente 800cv de potência – o Tesla atinge até 762cv. As baterias do Aston deverão ser fornecidas pela LG ou pela Samsung, tendo uma autonomia estimada de até 322km.

aston_martin_dbx_concept_19

Engana-se, porém, quem pensa que a batalha contra a montadora norte-americana de Elon Musk terminará por aí. Enquanto de um lado a Tesla prepara seu primeiro SUV para estrear ainda este ano, de outro a Aston Martin já pensa em produzir uma versão elétrica de seu futuro utilitário, tratado como DBX e que deve ser apresentado até 2019. Inicialmente, o SUV inglês estreará em versões a combustão e híbrida, ficando para 2020 ou 2021 sua configuração “EV”.