Leis / Mercado

Híbridos e elétricos terão desconto de 50% do IPVA em São Paulo

Devolução de metade imposto pago este ano precisa ser requerida

13566042834_4dd91980ed_k[3][2]

Quem mora em São Paulo (SP) tem mais um incentivo para comprar um carro híbrido ou um elétrico. O prefeito, Fernando Haddad (PT), assinou decreto que desconta em 50% o valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Em outras palavras, a prefeitura abre mão da sua metade do imposto. A outra metade é do Estado.

Toyota-Prius-Brasil-62

Neste ano, a devolução da metade do IPVA deverá ser requerida pelo proprietário. A partir de 2016 haverá um sistema informatizado que já estabelecerá a bonificação. As alíquotas para os automóveis paulistanos variam de 1,5% a 4%, a depender de sua categoria. O percentual preciso para híbridos e elétricos, porém, não foi confirmado.

Hoje no Brasil há cerca de 3 mil veículos elétricos, entre carros e ônibus. Entre os carros, a maioria é de veículos experimentais e importados pelos próprios fabricantes, como os Nissan Leaf que rodam como táxi em algumas cidades. O único comercial é o BMW i3, lançado em setembro e que teve 43 unidades vendidas até então. Custa R$ 225.950.

A oferta de híbridos, porém, é maior. Há o Ford Fusion Hybrid, o Lexus CT 200h, o BMW i8, o Mitsubishi Outlander PHEV e o Toyota Prius, que também é o mais barato deles: R$ 106.900.