Renault / Segredos

Renault Sandero RS e Duster Oroch chegam em setembro

Modelos apostam em nichos não explorados pela concorrência

Renault Duster Oroch sandero rs (6)

Principais atrações da Renault no Salão de Buenos Aires, em junho, o esportivo Sandero RS e a picape Duster Oroch serão lançados no Brasil em setembro. O hatch chega às lojas no início do mês, já picape será apresentada no final de setembro, chegando às concessionárias em outubro.

Renault Duster Oroch sandero rs (2)

Apesar de serem muito diferentes entre si, os dois modelos representam a aposta da Renault em segmentos praticamente inexistentes. O Duster Oroch, por exemplo, vai criar um segmento de picapes entre as compactas e as médias, que cresceram muito nos últimos tempos. Tem a vantagem de ser mais leve por usar chassi monobloco, mas com cabine dupla e dimensões equivalentes às primeiras gerações de S10, Ranger e Hilux. O resultado será um utilitário leve, relativamente econômico e prático para ser usado na cidade. A capacidade de carga será de 650kg, como as picapes compactas.

IMG_9959

A picape Oroch terá a mesma mecânica do Duster. Combina motor 2.0 flex de 148cv e transmissão manual de seis marchas, e até o ano que vem terá versões com câmbio automático e tração 4×4.

Renault Duster Oroch sandero rs (5)

O Renault Sandero RS não será o único hatch esportivo, mas sim o único deles com motor aspirado com acerto próprio, esportivo de verdade. O motor 2.0 flex foi remapeado para entregar até 150cv e o câmbio é manual de seis marchas. Para melhorar a pegada, o esportivo também terá o RS Drive, com três modos de direção: Normal, Sport e Race. A diferença estará no tempo de resposta do acelerador. O Sandero R.S. terá velocidade máxima de 202 km/h e chega até os 100km/h em 8 segundos.

Renault Duster Oroch sandero rs (3)

 

Para não passar a impressão de ser um Sandero baixo, ainda tem mudanças as mudanças no chassi, motor, suspensão, direção e design assinados pela Renault Sport. A versão esportiva foi desenvolvida Les Ulis (França), em colaboração com equipes de engenharia do Brasil e da Argentina. Terá até mesmo luzes diurnas de LEDs, saída de escape dupla, suspensão rebaixada em 2,5cm, rodas aro 16” da Renault Sport e pneus mais largos que o normal. E será o primeiro carro R.S. feito na América Latina. Preços podem variar entre R$ 60 mil e R$ 70 mil.