Audi promete A3 Sedan nacional mais equipado para outubro

Audi / Lançamentos / Salão de Frankfurt

Audi promete A3 Sedan nacional mais equipado para outubro

Mudanças em suspensão e câmbio não foram confirmadas

09---ss

Em coletiva no Salão de Frankfurt, o presidente da Audi do Brasil, Jörg Hofmann, anunciou para a primeira semana de outubro o início da fabricação nacional do Audi A3 Sedan, na fábrica de São José dos Pinhais (PR). O modelo também tem confirmado o novo motor 1.4 TFSI flex de 150cv, fabricado em São Carlos (SP), que também equipará o VW Golf brasileiro.

WrIfOs8LIQoLZfT8zkjcutqiPo47ExS66HUljJxYebw

A Audi prometeu que não fará mudanças no pacote de equipamentos, mas oferecerá novos equipamentos opcionais, como câmera de ré e acendimento automático dos faróis e opcionais como o assistente de mudança de faixa involuntária. Mesmo assim, a meta da Audi é manter o preço bem próximo dos R$ 99.990 cobrados atualmente na versão com 122cv.

E a expectativa é otimista: vender mais de mil unidades nacionais do A3 Sedan ainda em 2015 (quando deverá fechar com 19 mil carros vendidos) e cerca de 10 mil em 2016. Esta meta também abrange a versão mais potente, que perderá o motor 1.8 TFSI de 180cv para receber o 2.0 TFSI a gasolina, e que chega às lojas em janeiro.

Mais mudanças técnicas

O que se fala nos bastidores é que a parte técnica do A3 Sedan sofreu mudanças. As principais teriam sido a troca da suspensão traseira independente por eixo de torção, e o câmbio automático Tiptronic de seis marchas no lugar do S Tronic, automatizado de dupla embreagem e com sete marchas, na versão 1.4. A Audi disse que só vai se pronunciar sobre isso no lançamento do modelo, no final deste mês.

Mais novidades a caminho

Outras novidades também estão a caminho. Uma delas é a nova geração do A4, que chega em janeiro. Logo em seguida começará a produção do novo Audi Q3 no Paraná e, em 2017, o Q5 começa a ser importado do México.