Pergunta da Semana – O dilema das cabines estendidas

Pergunta da Semana

Pergunta da Semana – O dilema das cabines estendidas

Cabine simples mais espaçosa ou cabine dupla pela metade?

autowp.ru_chevrolet_s-10_extended_cab_4

Alô você, fazendeiro rude ou agroboy de posto! Essa Pergunta da Semana vai para você, que é parte do público fiel de caminhonetes, seja para a árdua e nobre lida diária; seja para encher a caçamba de alto-falantes e incomodar qualquer bom cristão em um raio de meio quilômetro.

Sou do time que odeia pick-up se a mesma não for usada para sua proposta original. Ou seja: sinto repugnância pelos carregadores de ar. Pior ainda se o indivíduo transformar a mesma em um trio elétrico. Entretanto, quanto andava pela minha cidade natal, uma coisa me chamou a atenção de forma suficiente para me distrair do calor saariano que tem feito por aqui: uma S10 V6 de primeira geração, em excelente estado. E com cabine estendida.

autowp.ru_isuzu_hombre_extended_cab_1

Não serve para mim atualmente, enquanto habitante da urbe caipiro-caótica dotado de garagem projetada para kei cars. Mas se eu tivesse uma roça e precisasse levar uma moto/grama/enxada/jaula para sogra/uns 15 cachorros, essa Chevy me cairia bem. É 75% do Small Block Chevy, nunca se esqueça disso!

Daí, voltar ao passado foi um pulo. Me lembro quando a mesma foi lançada, por volta de 1997. Enquanto criança, aquele chiqueirinho atrás dos bancos dianteiros com bancos posicionados a 90° frente à orientação tradicional, posicionados frontalmente um ao outro, era qualquer coisa de sensacional. Pouco depois, sua principal concorrente trazia consigo a abertura de uma terceira porta lateral, em sentido inverso, que tornava tudo ainda mais mágico: era a Ranger com a SuperCab.

ford-ranger-supercab-xlt-6

Daí para frente, comecei a notar uma deformação do mercado que daria nó na cabeça de muito analista no estrangeiro. Quando a Fiat teve a genial sacada de oferecer tal cabine na Strada, mais uma vez ela se mostrou à frente da concorrência, que precisou torcer o rabo da porca para tirar o atraso. Embora impunemente utilizada nos rincões do Brasil para transporte de passageiros, a volumetria extra da cabine era direcionada, principalmente, para o armazenamento de malas, mochilas e tudo aquilo que não deveria ficar solto na caçamba. Ah, e essa sofria pequena redução em sua capacidade de carga, frise-se.

Mas, você pergunta: “Renato, seu quadrúpede. O que tem de deformação nisso?”. Simples: as picapes médias, que mundialmente são as bases para versões com cabine estendida, não pegaram nem por decreto-lei. Ou você se lembra de alguma pick-up média que ofereceu tal opção nos últimos 10 anos? No mundo inteiro, as montadoras costumam oferecer seus modelos médios e grandes com cabine estendida. Aqui na Banânia, é extremamente vital no volume de vendas das caminhonetes pequenas. E c’est fini.

autowp.ru_dodge_dakota_r-t_3

Sem mais delongas, vamos analisá-las sob os dois prismas que mais observei ao longo dos meus 78 anos de vida automotiva: Uma parte do público concorda com as fabricantes. Nada melhor que um espaço digno e direito para levar as tralhas à salvo da ação do tempo e dos soturnos amigos do alheio. E, no caso das médias, para dar aquela carona marota para os amigos, mas suficientemente pequeno para não acomodar sua sogra por mais de 5 minutos. E tudo isso sem perda significativa do espaço da caçamba.

Entretanto, boa parte do público comprador de pick-ups médias não pensa dessa forma. Se ele quer espaço para colocar suas tralhas, que jogue no banco de trás de uma cabine dupla. Mesmo que tudo isso fique sambando sobre o assento traseiro: não importa. Perder espaço na caçamba? Bom, alguns mensuram isso e concluem que o custo x benefício ainda é favorável, principalmente se a equação passageiros plus cargas grandes tem que ser fechada. Para outros, o ar que vá caçar outro espaço para habitar.

autowp.ru_ford_ranger_12

O que eu penso disso? Bueno, como anteriormente dito, não preciso de uma pick-up para absolutamente NADA no meu dia-a-dia. Então, fica difícil de mensurar. Entretanto, se precisasse de transportar cargas a torto e a direito, não me parece uma má ideia um espaço idealizado para que nossas tralhas fiquem acomodadas de forma devida. Então, ponto a favor das cabines estendidas, principalmente nas pick-ups médias.

E você, o que pensa das cabines estendidas, principalmente nas pick-ups médias? Tem pick-up e nunca parou para pensar por esse lado? Se você usa pick-up como ferramenta de trabalho, como analisa a questão? Se você é agroboy de posto e ficou ofendido: só lamento! E você, caro leitor, qual sua opinião sobre o assunto? Vamos, compartilhe conosco logo abaixo!

chevrolet_s-10_extended_cab_1