Leis / Mercado

Registro eletrônico vai facilitar transferência de carros usados

Negociação será registrada no Contran em tempo real

logos-veiculos-compra-venda-financiamento

A partir de março de 2016 a burocracia da transferência de um carro será muito menor. O Ministério das Cidades anunciou a criação do Registro Nacional de Veículos em Estoque (RENAVE), que elimina necessidade de registrar o documento de transferência ao negociar carros com lojas.

Com o novo sistema, bastará que revenda faça um registro eletrônico no Contran para que o carro entre na mesma hora para o estoque da loja. Para passar para o nome do comprador também será assim e o registro estará vinculado a uma nota fiscal eletrônica que comprova a compra.

Cada transferência custa hoje cerca de 1 mil reais e o comprador tem que registrar a venda em cartório e, em até 30 dias, ir ao Detran e passar o carro para seu nome. No Rio de Janeiro ainda se faz outra vistoria. Espera-se que o fim de toda essa burocracia torne os usados mais baratos.